O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Edin Džeko e o regresso a Manchester com a Roma

O antigo avançado do Manchester City diz ao UEFA.com que "tudo é possível" para a Roma nas meias-finais da UEFA Europa League.

Edin Džeko festeja após marcar contra o Ajax nos quartos-de-final
Edin Džeko festeja após marcar contra o Ajax nos quartos-de-final DeFodi Images via Getty Images

Com quatro golos e uma assistência na UEFA Europa League desta época, Edin Džeko continua firme aos 35 anos. O avançado da Roma marcou um golo importante na segunda mão dos quartos-de-final frente ao Ajax que ajudou sobremaneira a equipa de Paulo Fonseca a marcar encontro nas meias-finais com um adversário que conhece bem: o "favorito" Manchester United.

Antes de regressar à cidade onde viveu durante seis anos, embora como jogador do rival local Manchester City, Džeko insiste que a crença da sua equipa na sua própria qualidade pode ser a receita para o sucesso.

Marcar em Old Trafford

O meu primeiro golo em Old Trafford contra o Manchester United é algo de que me vou lembrar sempre, principalmente porque foi o primeiro golo do jogo, o meu primeiro golo na UEFA Champions League e o meu primeiro jogo num dos maiores estádios do mundo.

Edin Džeko festeja após marcar pelo Wolfsburgo contra o Manchester United em 2009
Edin Džeko festeja após marcar pelo Wolfsburgo contra o Manchester United em 2009Getty Images

É um dos meus golos favoritos. Surgiu de um cruzamento da esquerda de Makoto Hasebe. Eu estava no poste mais distante e acho que o [Patrice] Evra estava à minha frente. Saltei mais alto e marquei com de cabeça. É não só um dos meus golos favoritos, mas também é um belo golo.

Veja o golo de Džeko que ajudou a apurar a Roma
Veja o golo de Džeko que ajudou a apurar a Roma

Regressar a Manchester

Desde que saí do Manchester City, há seis anos, nunca mais lá voltei. Vai ser um jogo especial, já que era um dérbi para mim até alguns anos atrás. Os jogos europeus, especialmente contra estes adversários, são muito especiais. Espero que o jogo contra o Manchester United seja especial para todos nós e espero que seja bom para nós.

Receita para bater o United

Não se disputa meias-finais todos os dias. Conhecemos a sua força, e o Manchester United é certamente o favorito, mas o simples facto de termos chegado às meias-finais dá-nos o direito de acreditar. Sabemos que também temos qualidade e, acima de tudo, como equipa, temos de jogar como um todo. Por isso, tudo é possível.

Grandes golos da Roma na Europa League
Grandes golos da Roma na Europa League

Erguer o troféu pela Roma

Quando se está nas meias-finais, [levantar o troféu] é certamente o derradeiro objectivo. Talvez no início da Europa League não se pense tanto a longo prazo, mas quando se está tão perto é com certeza o objectivo. Enfrentamos um dos adversários mais fortes dos últimos 20 anos no futebol europeu e não será nada fácil. Estamos cientes disso, mas não precisamos de ter medo. Tudo é possível.