O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Arshavin fala sobre o Arsenal, os jogadores favoritos e ganhar a Taça UEFA

O antigo jogador russo do Arsenal fala do momento dos "gunners" e revela os seus jogadores favoritos no futebol moderno.

Andrey Arshavin venceu a Taça UEFA pelo Zenit em 2008
Andrey Arshavin venceu a Taça UEFA pelo Zenit em 2008 Getty Images

Estrela da selecção da Rússia e do clube da sua cidade, o Zenit, Andrey Arshavin venceu a Taça UEFA pelo emblema de São Petersburgo, em 2008, antes de se tornar num herói de culto no Arsenal sob o comando de Arsène Wenger.

O antigo jogador do Arsenal, de 39 anos, falou ao UEFA.com como embaixador da digressão do troféu da UEFA Europa League, conduzida pela Kia, sobre a sua carreira, o momento dos "gunners" e revelou os seus jogadores favoritos no futebol moderno.

Estrelas da UEFA Europa League esta época

Embaixador do EURO 2020: Andrei Arshavin
Embaixador do EURO 2020: Andrei Arshavin

Tive a oportunidade de defrontar o [Heung-min] Son quando ele jogou pelo Leverkusen, e acho que o estilo dele é semelhante ao meu quanto à posição em campo. Ele era extremo esquerdo, flectia para o meio a driblar a rematava. [Pierre-Emerick] Aubameyang: é o típico avançado típico muito habilidoso e que normalmente marca muitos golos, o que eu gosto.

[Fora da UEFA Europa League], gosto do [Lionel] Messi. Acho que ele é o melhor jogador, talvez até de toda a história do futebol. Quando era criança nunca tive um ídolo. Apenas tive alturas em que gostei mais de um jogador, mas normalmente eram sempre do Barcelona. Primeiro foi o Romário, depois o Ronaldo. Então foi Ronaldinho. Os números 10 do Barça!

Arsenal de Arteta

Final de 2008: Zenit bate Rangers
Final de 2008: Zenit bate Rangers

Comparando com o desempenho na Liga inglesa, é claro que é completamente diferente na Europa League. O Arsenal esteve muito forte [na fase de grupos]. Passámos pela fase de grupos com alguma facilidade, mas agora esperamos adversários muito mais fortes.

Gosto de alguns jogadores jovens como o [Bukayo] Saka, mas se se quiser ganhar é preciso falar sobre o desempenho da equipa. É mais importante. É claro que um jogador pode decidir um jogo, mas para ir longe é preciso ser forte como equipa. Esse é um ponto para Mikel Arteta: união.