O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Bruno Fernandes sobre o duelo do United com o Sevilha e muito mais

“Posso melhorar os meus números", afirmou o melhor marcador da UEFA Europa League ao UEFA.com.

Bruno Fernandes na preparação da meia-final com o Sevilha
Bruno Fernandes na preparação da meia-final com o Sevilha Manchester United via Getty Images

Contratado ao Sporting na pausa de Inverno, Bruno Fernandes conseguiu alterar subtilmente o ADN futebolístico do Manchester United, injectando força e objectividade ao meio-campo, ao mesmo tempo que terminava a época na Premier League com oito golos e sete assistências em apenas 14 jogos.

As estatísticas do jogador de 25 anos na UEFA Europa League são ainda mais impressionantes: Os sete golos marcados ao serviço de Sporting e United levam a que seja o melhor marcador na edição deste ano. No entanto, como afirmou ao UEFA.com na preparação para a meia-final de domingo com o Sevilha, nunca hesitaria em trocar os títulos individuais pela conquista do troféu.

Sobre o duelo com o Sevilha nas meias-finais

Veja os golos de Bruno Fernandes na Europa League
Veja os golos de Bruno Fernandes na Europa League

Os mais importante é ter a atitude certa e uma mentalidade forte. Não nos podemos esquecer que todos os jogos são a eliminar, se não vencermos, vamos para casa. No jogo dos quartos-de-final com o Copenhaga começámos um pouco ansiosos, porque sabíamos que tínhamos que entrar muito fortes, já que nesse encontro ou vencíamos ou éramos eliminados.

O Sevilha é uma equipa que está habituada a estar nas fases mais adiantadas das competições europeias. Sabemos que o início do jogo vai ser muito importante porque os primeiros minutos são decisivos. Temos de ser mais fortes no início do que fomos frente ao Copenhaga.

Sobre o seu estilo de jogo

Prepare-se para o duelo entre Sevilha e United
Prepare-se para o duelo entre Sevilha e United

É instinto. Ao longo dos anos, devido à posição em que jogava, desenvolvi a capacidade de avançar no terreno e olhar em frente. Quando perdemos a bola, procuro ser o primeiro a reagir e a chamar os outros jogadores de ataque para ajudar a recuperar a posse de bola. Para mim também é muito importante ser capaz de construir o jogo, ter a bola e fazer passes para que os meus colegas de equipas possam marcar golos.

Penso que é isso que tenho de melhorar, é verdade que tenho feito algumas assistências, mas poderia ter feito mais, tendo em conta a qualidade que temos no ataque. Acredito que posso melhorar os meus números pela qualidade que temos na frente.

Sobre encontrar o seu lugar no United

Bruno Fernandes com Ole Gunnar Solskjær
Bruno Fernandes com Ole Gunnar SolskjærPOOL/AFP via Getty Images

O treinador foi muito claro quando cheguei ao clube. Disse-me para não ter medo, para ser eu mesmo, que sabia muito bem por que me tinha contratado e aquilo que eu era capaz de fazer. Para continuar a arriscar em campo, mostrar a mesma mentalidade que tinha no Sporting e para continuar a dar instruções em campo.

Ajudou-me muito eu já ter jogado no estrangeiro, em Itália. Saí de Portugal muito jovem [assinou com o Novara pouco antes do 18º aniversário], tive de deixar a minha marca no futebol sozinho, contra tudo e contra todos. Jogar em Itália (ao serviço de Novara, Udinese e Sampdória] ajudou-me a ser hoje uma pessoa mais crescida, mais madura, o que facilita a minha adaptação.

Toda a gente no Manchester United tem sido incrível. Tive a sorte de jogar no primeiro encontro no campeonato, depois tivemos a pausa da Premier League em Fevereiro, o United fez um curto estágio em Marbella onde tive oportunidade de perceber melhor quais eram as ideias do clube e as ideias do treinador. Conheci melhor os meus colegas de equipa. Já os tinha visto jogar, mas fiquei a conhecer melhor as suas qualidades e percebi o que podia fazer para melhorar a equipa.

Sobre estar na liderança dos melhores marcadores da Europa League 2019/20

Ser o melhor marcador e conquistar o troféu da Europa League seria perfeito.