O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Shakhtar Donetsk 4-1 Basileia: triunfo tranquilo antes do Inter

Conjunto de Luís Castro vence de forma concludente Basileia e agora segue-se o Inter.

Resumo: Shakhtar Donetsk 4-1 Basileia
Resumo: Shakhtar Donetsk 4-1 Basileia

O Shakhtar está nas meias-finais da UEFA Europa League, onde vai defrontar o Inter depois de uma grande exibição na Alemanha.

Shakhtar - Basileia: como tudo aconteceu


O jogo em poucas palavras

O Shakhtar esteve irresistível desde o início do encontro em Gelsenkirchen, impondo o seu futebol e a sua forma de jogar. Claro que marcar cedo ajuda e Júnior Moraes fez essa parte, ao cabecear para o fundo da baliza na sequência de um canto.

 Junior Moraes festeja com Marlos o primeiro golo do Shakhtar Donetsk
Junior Moraes festeja com Marlos o primeiro golo do Shakhtar DonetskUEFA via Getty Images

Esse foi o mote para uma primeira parte dominadora, com um futebol entusiasmante, fruto de uma enorme capacidade de circulação de bola. Taison aumentou a vantagem ucraniana com um remate desviado, num lance que culminou mais uma bela jogada da equipa de Luís Castro. Marcos Antônio acertou na barra e a noite para o guarda-redes do Basileia, Djordje Nikolić, poderia ter sido bem pior.

O intervalo foi salvador para os suíços, que procuraram regressar ao jogo na segunda parte. O Shakhtar não estava pelos ajustes, gerindo a bola já com um olho no jogo de segunda-feira e aumentando a vantagem num lance de contra-ataque, com Taison a ser derrubado na área para Alan Patrick converter dos 11 metros. Dodô fez o quarto e ainda houve tempo para o tento de consolação de Ricky van Wolfswinkel.

Reacções

Luís Castro, treinador do Shakhtar: "Realizámos uma exibição fantática contra um adversário complicado. Preparámos muito este jogo e o objectivo era passar às meias-finais. Tivemos grandes momentos."

Júnior Moraes, atacante do Shakhtar: "Estou me a sentir muito bem porque trabalhamos muito e acreditamos que podemos chegar à final. Se nos quisermos testar, temos que o fazer contra equipas de alto nível".

Widmer, defesa do Basileia: "Quando uma equipa como o Basileia defronta equipas mais poderosas, todos têm de estar ao seu melhor nível, caso contrário não conseguimos ganhar. Esta noite, infelizmente, não mostrámos as nossas melhores qualidades".

Principais estatísticas

  • O Shakhtar está apurado para a sua terceira meia-final da UEFA Europa League / Taça UEFA (venceu o Dínamo de Kiev em 2008/09 e perdeu com o Sevilha em 2015/16).
  • A equipa de Donetsk venceu os cinco jogos dos quartos-de-final: Braga, Marselha e agora Basileia.
  • O Shakhtar não perde há 11 jogos em todas as competições (V9 D2)
  • Júnior Moraes marcou 25 golos em todas as competições nesta temporada, incluindo quatro nas últimas três partidas. O Shakhtar não perdeu sempre que ele marcou esta temporada.
  • Houve pelo menos três golos marcados em dez dos 11 jogos europeus do Shakhtar nesta temporada
  • O golo de Taison foi o seu 11º na temporada, o seu melhor desde que se mudou para a Ucrânia em 2010.
Luiz Adriano fala sobre a vitória do Shakhtar em 2009
Luiz Adriano fala sobre a vitória do Shakhtar em 2009

Equipas iniciais

Shakhtar: Pyatov; Dodô, Kryvtsov, Bondar, Matviyenko; Marcos Antônio, Stepanenko, Alan Patrick; Marlos, Júnior Moraes, Taison

Basileia: Nikolić; Widmer, Van Der Werff, Alderete, Petretta; Xhaka, Frei; Stocker, Campo, Pululu; Cabral

O que se passa a seguir

O Shakhtar vai defrontar o Inter nas meias-finais, na segunda-feira, 17 de Agosto, em Dusseldorf, com a final a ser disputada quatro dias depois, em Colónia.