O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Wolves 1-0 Olympiacos (total: 2-1): Jiménez agenda encontro com o Sevilha

Os Wolves vão defrontar o Sevilha, cinco vezes vencedor, nos quartos-de-final da UEFA Europa após eliminarem o Olympiacos.

Resumo: Wolves 1-0 Olympiacos
Resumo: Wolves 1-0 Olympiacos

O Wolves vai medir forças com o Sevilha, na terça-feira, em Duisburgo, isto depois de uma grande penalidade madrugadora de Raúl Jiménez e o bom acerto defensivo da equipa terem permitido um triunfo suado sobre o Olympiacos.

Wolves - Olympiacos: Como tudo aconteceu

Resumo do jogo

Um penálti madrugador de Raúl Jiménez garantiu a passagem dos Wolves aos quartos-de-final, mas a equipa de Nuno Espírito Santo teve de sofrer frente à do congénere português Pedro Martins.

 Raúl Jiménez converteu a grande penalidade com grande frieza
Raúl Jiménez converteu a grande penalidade com grande frieza Getty Images

Jiménez converteu o castigo máximo depois de o guarda-redes Bobby Allain ter derrubado na área o português Daniel Podence, seu antigo colega equipa no Olympiacos.

Não faltaram oportunidades de golo, mas Rui Patrício segurou a vantagem do Wolves ao brilhar em ambas as metades com defesas a remates de Konstantinos Tsimikas e Ahmed Hassan. Segue-se agora o Sevilha para a formação de Nuno Espírito Santo, nos quartos-de-final, em Duisburgo.

Nuno Espírito Santo fala à equipa dos Wolves no final do jogo
Nuno Espírito Santo fala à equipa dos Wolves no final do jogoGetty Images

Reacções

Nuno Espírito Santo, treinador do Wolves: “Os meus rapazes trabalharam muito e contámos com um bom guarda-redes, o que foi muito importante. Começámos a época há muito, muito tempo, mas hoje valeu a pena. Ao final da tarde estive a ver o jogo [Sevilha - Roma], mas agora vou para casa para o ver outra vez!"

Raúl Jiménez, avançado do Wolves: "É uma sensação incrível estar nos quartos-de-final - fizemos uma longa viagem para chegar até aqui. Este golo tem um grande significado. Treinámos e trabalhámos muito ao longo de toda a época. Fizemos uma grande, grande época, mas temos de continuar.”

Resumo da 1ª mão: Olympiacos 1-1 Wolves
Resumo da 1ª mão: Olympiacos 1-1 Wolves

Estatísticas-chave

  • O sWolves estão nos oitavos-de-final de uma competição europeia pela primeira vez desde a Taça UEFA de 1971/72, quando chegaram até à final.
  • A grande penalidade de Jiménez, aos oito minutos, foi o golo marcado mais cedo pelos Wolves na maratona de 58 jogos desta época (que ainda não acabou).
  • O mexicano marcou apenas dos três dos 27 golos desta época antes dos 30 minutos de jogo, todos na UEFA Europa League.
  • Os Wolves venceram 16 dos últimos 18 jogos em casa na UEFA Europa League/Taça UEFA, incluindo qualificação.
  • A equipa inglesa marcou apenas um golo de bola corrida na primeira parte nos últimos 12 jogos.
  • O Olympiacos foi eliminado nas três ocasiões em que atingiu os oitavos-de-final da UEFA Europa League e também na última presença nos oitavos-de-final da Taça UEFA, com o Newcastle, em 2004/05.

Equipas

Wolves: Rui Patrício; Boly, Coady, Saïss; Doherty, Moutinho, Neves, Jonny (Rúben Vinagre 17); Traoré (Diogo Jota 57), Podence (Dendoncker 71), Jiménez

Olympiacos: Allain; Elabdellaoui, Cissé, Ba, Tsimikas; Camara (Ahmed Hassan 65), Guilherme (Cafú 82), Bouchalakis (Fortounis 46); Valbuena, El-Arabi, Masouras (Randjelovic 46)

O que se segue?

O Wolves vai discutir com o Sevilha uma vaga nas meias-finais na terça-feira, a parti das 20h00 GMT.