Inter 2-0 Getafe: eficácia italiana castiga espanhóis

Christian Eriksen fez o 2-0 pouco depois de sair do banco de suplentes, mas o Getafe tem a lamentar uma grande penalidade desperdiçada no segundo tempo.

Resumo: Inter 2-0 Getafe
Resumo: Inter 2-0 Getafe

O Inter está pela primeira vez nos quartos-de-final da UEFA Europa League graças aos golos de Romelu Lukaku e, pouco depois de entrar em campo, de Christian Eriksen, mas o Getafe fica com a sensação que o desfecho poderia ter sido outro.

Inter - Getafe: Como tudo aconteceu


Resumo do jogo

O Inter vai defrontar Rangers ou Bayer Leverkusen nos quartos-de-final da UEFA Europa League, depois de uma boa concretização de Romelu Lukaku aos 33 minutos e um golo tardio de Christian Eriksen terem garantido uma vitória suada sobre o Getafe no Arena AufSchalke.

Christian Eriksen depois de fazer o 2-0 para o Inter
Christian Eriksen depois de fazer o 2-0 para o InterGetty Images

A equipa espanhola esteve perto de ganhar vantagem graças a um cabeceamento de Nikola Maksimović, o jogo caiu de intensidade, mas Lautaro Martínez ainda viu Samir Handanović negar-lhe por duas vezes o golo.

Lukaku inaugurou o marcador com um remate implacável, após um passe longo de Alessandro Bastoni, mas o Inter só não perdeu a vantagem porque Jorge Molina falhou o alvo na conversão de uma grande penalidade no segundo tempo.

Eriksen confirmou a vitória pouco depois de entrar em campo, com um desvio à queima-roupa, a sete minutos do final.

Jorge Molina falha o alvo na grande penalidade
Jorge Molina falha o alvo na grande penalidadeGetty Images

Reacções

Romelu Lukaku, avançado do Inter: "Foi um jogo difícil frente a uma adversário muito agressivo. Estivemos bem na defesa e no ataque, estou feliz pelo golo... desperdicei outra oportunidade para marcar, mas acontece. Estamos a crescer e temos que manter esta mentalidade e a ambição de melhorar todos os dias".

Antonio Conte, treinador do Inter: "O Getafe começou muito bem e criou oportunidades para marcar mas, aos poucos, assumimos o controlo do jogo e considero que a vitória é totalmente merecida. Estou feliz porque todos parecem estar muito comprometidos, mesmo os jogadores que não são titulares. Este é o espírito que quero. Sinto que todos estão ansiosos por continuar esta aventura e não ir de férias".

José Bordalás, treinador do Getafe: "É uma pena, realizámos um jogo notável. Estou orgulhoso dos meus jogadores. Tudo teria sido diferente se tivéssemos marcado o penalty, mas o futebol é assim. Não há que culpar ninguém".

Estatisticas-chave

  • O Inter atinge pela primeira vez os quartos-de-final na era da UEFA Europa League, após três desaires anteriores nos oitavos-de-final.
  • O Inter é a quinta equipa da Serie A a atingir os quartos-de-final da UEFA Europa League depois de Lázio (2), Nápoles (2), Juventus e Fiorentina.
  • Lukaku marcou 30 golos em 48 jogos pelo Inter em 2019/20, superando o recorde pessoal anterior de 27 golos em 51 jogos pelo Manchester United em 2017/18.
  • Lukaku marcou nos últimos cinco jogos europeus do Inter.
  • O golo de Eriksen foi o 50º do Inter na UEFA Europa League.
  • O Inter sofreu apenas dois golos nos últimos sete jogos na UEFA Europa League.
  • O Inter perdeu apenas um dos 15 jogos (9V) desde que o futebol foi retomado em Itália, em Junho.
  • O Inter marcou em 47 dos 51 jogos realizados esta época.

Equipas

Inter: Handanovič; Godín, De Vrij, Bastoni; D'Ambrosio (Biraghi 84), Barella, Brozović (Eriksen 82), Gagliardini, Young; Lautaro Martínez (Alexis Sánchez 70), Lukaku

Getafe: Soria; Damián Suárez, Djené, Etxeita, Olivera (Portillo 88); Nyom (Jason 69), Maksimović (Ángel 56), Arambarri (Hugo Duro 88), Tímor, Cucu; Mata (Molina 69)