O que fizeram as equipas da Europa League desde a paragem?

Três equipas foram campeãs nacionais e o Manchester United garantiu um lugar na Champions League: o UEFA.com mede o pulso aos participantes na Europa League.

Bruno Fernandes  no treino de segunda-feira do Manchester United antes do confronto com o LASK nos oitavos-de-final da UEFA Europa League
Bruno Fernandes no treino de segunda-feira do Manchester United antes do confronto com o LASK nos oitavos-de-final da UEFA Europa League Manchester United via Getty Imag

O UEFA.com confere como estão os candidatos à UEFA Europa League desde o recomeço da temporada após a interrupção provocada pela COVID-19.

Sevilha - Roma

Europa League 2019/20: história até agora
Europa League 2019/20: história até agora

Sevilha
Antes (da interrupção)
: 3º na La Liga
Agora: 4º na La Liga*

Julen Lopetegui elogiou os seus jogadores por terem "voltado em excelente forma e prontos para competir". O Sevilha ainda não perdeu nos 11 jogos disputados desde o recomeço, tendo sofrido apenas cinco golos. No entanto, uma série de empates frustraram as hipóteses de terminar nos três primeiros classificados da La Liga pela primeira desde 2008/09. Os sevilhanos ficaram empatados com o Atlético nos 70 pontos, mas foram ultrapassados no terceiro lugar devido à pior diferença de golos.

Roma
Antes: 5ª na Serie A
Agora: 5ª na Serie A*

"A Loba" aguentou a pressão de Milan e Nápoles e terminou no quinto posto da Serie A, terminando a campanha com um triunfo em casa da campeã Juventus. O técnico Paulo Fonseca diz que a "equipa está bem e cheia de confiança". Além disso, os romanos têm evidenciado veia goleadora: Jordan Veretout e Edin Džeko marcaram por quatro vezes desde a interrupção, enquanto Henrikh Mkhitaryan e Nikola Kalinić fizeram três golos cada.

Sorteios dos quartos-de-final e das meias-finais


Manchester United - LASK (1ª mão: 5-0)

Manchester United
Antes: 5º na Premier League
Agora: 3º na Premier League

A criatividade de Bruno Fernandes e o regresso à boa forma de Paul Pogba ajudaram o Manchester United a não perder nenhum dos nove jogos do campeonato desde o recomeço. Liderado por Marcus Rashford, o trio de ataque do United totalizou 14 golos, enquanto o jovem Mason Greenwood assinou cinco e Antony Martial seis. O conjunto de Ole Gunnar Solskjær segurou o terceiro lugar ao bater o Leicester no último encontro do campeonato e garantiu o acesso directo à Champions League.

LASK
Antes: 2º na Bundesliga austríaca
Agora: 4º na Bundesliga austríaca

Copenhaga - İstanbul Başakşehir (1ª mão: 0-1)

Copenhaga
Antes: 2º na Liga dinamarquesa
Agora: 2º na Liga dinamarquesa

İstanbul Başakşehir
Antes: 2º na Liga turca
Agora: campeão da Liga turca

Líder ao lado do Trabzonspor aquando da paragem, o Başakşehir foi coroado campeão da Turquia pela primeira vez na sua história. Tendo interrompido o domínio de Galatasaray, Beşiktaş e Fenerbahçe, os homens de Okan Buruk tornaram-se apenas na sexta equipa a vencer o título turco. Mahmut Tekdemir e Demba Ba estiveram em destaques, ao passo que Edin Višća impressionou ao marcar seis golos nos últimos oito jogos.

Wolves - Olympiacos (1ª mão: 1-1)

Wolves
Antes: 6º na Premier League
Agora: 7º na Premier League

Tendo perdido três partidas das derradeiras nove, mostrando uma defesa forte e Rui Patrício em bom plano entre os postes, a formação de Nuno Espírito Santo não sofreu golos em cinco desses nove encontros. No outro lado do campo, o atacante mexicano Raúl Jiménez regressou em boa forma e apontou quatro tentos, elevando o seu total para 17.

Olympiacos
Antes: 1º na Liga grega
Agora: campeão da Liga grega

Primeiro classificado do campeonato na altura da interrupção, o Olympiacos sagrou-se campeão de 2019/20 após um "play-off" com os seis primeiros classificados. Tendo deixado o PAOK, do português Abel Ferreira, a 18 pontos no segundo lugar, o conjunto liderado pelo compatriota Pedro Martins ganhou oito dos dez encontros decisivos (E1 D1). A 30 de Agosto, o Olympiacos defronta o AEK na final da Taça da Grécia, jogo ao qual chegou graças ao golo de Mady Camara apontado perto do fim na meia-final, em Junho.

Leverkusen - Rangers (1ª mão: 3-1)

Leverkusen
Antes: 5º na Bundesliga
Agora: 5º na Bundesliga

Rangers
Antes: 2º na Premiership escocesa
Agora: Terminou em 2º na Premiership escocesa 2019/20

A Liga Escocesa de Futebol Profissional anunciou a 18 de Maio de 2020 que tinha sido tomada a decisão de concluir a época e "a classificação final foi determinada pelos pontos por jogo nos jogos do campeonato disputados até 13 de Março de 2020 por cada clube".

Shakhtar - Wolfsburgo (1ª mão: 2-1)

Shakhtar
Antes: 1º na Liga ucraniana
Agora: Campeão da Liga ucraniana

O Shakhtar festejou a conquista do seu 13º título com 14 pontos de vantagem sobre o segundo classificado. Num regresso sem falhas, os homens de Luís Castro somaram sete triunfos e dois empates nos nove restantes jogos, embora o médio Manor Solomon tenha dito que não foi "um passeio no parque."

Wolfsburgo
Antes: 7º na Bundesliga
Agora: 7º na Bundesliga

Basileia - Frankfurt (1ª mão: 3-0)

Basileia
Antes: 3º na Liga suíça
Agora: 3º na Liga suíça

Frankfurt
Antes: 11º na Bundesliga
Agora: 9º na Bundesliga

Apesar das derrotas iniciais (3-1 frente ao Mönchengladbach e 5-2 diante do Bayern), e de ter sofrido mais três golos no empate 3-3 com o Friburgo, o conjunto onde jogam os portugueses André Silva e Gonçalo Paciência conseguiu subir dois lugares na tabela. Com preocupações óbvias na defesa, o Frankfurt mostrou poder no ataque. Com apenas quatro golos apontados antes da interrupção, André Silva juntou mais oito à conta pessoal após o recomeço, enquanto Bas Dost voltou à boa forma ao festejar por quatro vezes nos seus últimos cinco encontros.

Inter - Getafe

Resumo: Inter 2-1 Ludogorets
Resumo: Inter 2-1 Ludogorets

Inter
Antes: 3º na Serie A
Agora: 2º na Serie A

Após o triunfo por 3-0 em Génova, que levou o Inter ao segundo lugar da Serie A, o treinador Antonio Conte elogiou a sua equipa dizendo que "estava a fazer coisas muito boas". Tendo marcado por duas vezes, Romelu Lukaku continua a deixar marca esta época e já leva seis golos desde o regresso da competições. O atacante belga tem 29 remates certeiros em todas as provas.

Getafe
Antes: 4º na La Liga
Agora: 8º na La Liga