Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Europa League 2019/20: O que já aconteceu

Com o regresso da Europa League confirmado para 5 de Agosto, o UEFA.com resume o que já aconteceu esta época.

Diogo Jota tem sido um dos destaques do Wolves nesta edição da UEFA Europa League
Diogo Jota tem sido um dos destaques do Wolves nesta edição da UEFA Europa League

A temporada da UEFA Europa League foi suspensa em Março, devido à pandemia COVID-19, numa altura em que já tinha sido realizada a primeira mão em seis dos oito embates dos oitavos-de-final.

Com o regresso da competição marcado para a quarta-feira de 5 de Agosto, o UEFA.com faz um ponto de situação do que já aconteceu.

Quem ainda está em prova?

Resumo: LASK 0-5 Manchester United
Resumo: LASK 0-5 Manchester United

Roma - Sevilha
Getafe - Inter
Manchester United - LASK (5-0)
Basileia - Frankfurt (3-0)
Copenhaga - İstanbul Başakşehir (0-1)
Shakhtar Donetsk - Wolfsburgo (2-1)
Leverkusen - Rangers (3-1)
Wolves - Olympiacos (1-1)

Aparte do Roma - Sevilha e Getafe - Inter (que serão agora disputados apenas a uma mão), já se cumpriu a primeira mão nos restantes embates, destacando-se a goleada por 5-0 do Manchester United em casa do LASK e o triunfo fora do Basileia frente ao Eintracht Frankfurt, por 3-0.

O lote de 16 participantes inclui equipas de 11 países: três da Alemanha, dois de Inglaterra, Itália e Espanha, e uma de Áustria, Dinamarca, Grécia, Escócia, Suíça, Turquia e Ucrânia.

Os cinco títulos do Sevilha na Europa League
Os cinco títulos do Sevilha na Europa League

Entre os 16 participantes estão seis vencedores da Taça UEFA ou UEFA Europa League: Eintracht (1980), Leverkusen (1988), Manchester United (2017), Shakhtar (2009), o tricampeão Inter (1991, 1994, 1998) e o pentacampeão Sevilha (2006, 2007, 2014, 2015, 2016).

Das oito equipas que transitaram da fase de grupos da UEFA Champions League, apenas restam quatro: Inter, Leverkusen, Olympiacos e Shakhtar.

Facto: Desde que a Taça UEFA se transformou em UEFA Europa League, em 2009/10, nove das dez edições foram ganhas por equipas espanholas ou inglesas.

Oitavos-de-final da Europa League: Conheça os participantes

Quem são os melhores marcadores?

Seis jogadores somam seis golos na edição 2019/20, sendo que cinco deles ainda estão em prova:

Diogo Jota aponta "hat-trick" na goleada do Wolves ao Espanyol
Diogo Jota aponta "hat-trick" na goleada do Wolves ao Espanyol

Bruno Fernandes (Sporting CP/Manchester United)
Daichi Kamada (Eintracht Frankfurt)
Andraž Šporar (Slovan Bratislava/Sporting CP)
Alfredo Morelos (Rangers)
Edin Višća (İstanbul Başakşehir)
Diogo Jota (Wolves)

O extremo Galeno, do Braga, é o jogador com mais assistências até ao momento (6), apesar de a sua equipa ter sido eliminada nos 16 avos-de-final. Bruno Fernandes, que trocou o Sporting pelo Manchester United em Janeiro, surge no segundo lugar desse "ranking", com quatro.

Facto: Todos os melhores marcadores na história da UEFA Europa League marcaram pelo menos oito golos. Radamel Falcao detém o recorde de mais golos numa época, com 17 na campanha vitoriosa do Porto em 2010/11. O goleador da época passada foi Olivier Giroud, do Chelsea, com 11.

Jogador da Semana: Todos os vencedores até ao momento

Como tem sido a qualidade do torneio até agora? 

Resumo: Manchester United 5-0 Club Brugge
Resumo: Manchester United 5-0 Club Brugge

Notável, como sempre. Esta época já se marcaram mais de 500 golos na UEFA Europa League (uma média de 2.8 por jogo). O futebol praticado também tem sido de calibre elevado: veja alguns dos resumos incluídos nesta peça para confirmar o que dizemos.

Facto: O Manchester United é a equipa com mais golos (21), remates (145) e remates à baliza (52) nesta edição da competição.

Quem se apurou na fase de grupos?

Grupo A: Sevilha (1º), APOEL (2º)
Grupo B: Malmö, Copenhaga
Grupo C: Basileia, Getafe
Grupo D: LASK, Sporting
Grupo E: Celtic, Cluj
Grupo F: Arsenal, Frankfurt
Grupo G: Porto, Rangers
Grupo H: Espanyol, Ludogorets
Grupo I: Gent, Wolfsburgo
Grupo J: İstanbul Başakşehir, Roma
Grupo K: Braga, Wolves
Grupo L: Manchester United, AZ Alkmaar

O que aconteceu nos oitavos-de-final?

Resumo: Frankfurt 4-1 Salzburgo
Resumo: Frankfurt 4-1 Salzburgo

Nos 16 avos-de-final, os 24 apurados tiveram a companhia das oito equipas que terminaram a fase de grupos da Champions League no terceiro lugar: Club Brugge, Olympiacos, Shakhtar Donetsk, Leverkusen, Salzburgo, Inter, Benfica e Ajax.

İstanbul Başakşehir (total: 5-4 Sporting)
Copenhaga (total: Celtic 4-2)
Wolves (total: 6-3 Espanyol)
Rangers (total: 4-2 Braga)
Wolfsburgo (total: 5-1 Malmö)
Getafe (total: 3-2 Ajax)
Sevilha (total: 1-1 Cluj, regra dos golos fora)
Roma (total: 2-1 Gent)
Eintracht Frankfurt (total: 6-3 Salzburgo)
Basileia (total: 4-0 APOEL)
LASK (total: 3-1 AZ Alkmaar)
Manchester United (total: 6-1 Club Brugge)
Olympiacos (total: 2-2 Arsenal, regra dos golos fora)
Shakhtar Donetsk (total: 5-4 Benfica)
Leverkusen (total: 5-2 Porto)
Inter (total: 4-1 Ludogorets)

Topo