O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Juventus leva a melhor em Lyon

Olympique Lyonnais 0-1 Juventus
Um golo de Leonardo Bonucci, a cinco minutos do fim, deixou a equipa italiana em vantagem para chegar às meias-finais.

Leonardo Bonucci apontou o golo solitário da Juve
Leonardo Bonucci apontou o golo solitário da Juve ©AFP/Getty Images

A Juventus foi ao Stade de Gerland bater o Olympique Lyonnais por 1-0 e dar assim um passo importante para seguir para as meias-finais.

A formação francesa ainda não tinha perdido em casa na UEFA Europa League na presente temporada mas, num jogo em que foram escassas as ocasiões de golo, acabou por ver o adversário chegar à vitória por intermédio de Leonardo Bonucci, à passagem do minuto 85.

Os visitantes entraram melhor no encontro e criaram o primeiro lance de perigo logo aos cinco minutos, num cabeceamento de Carlos Tévez. O ritmo do encontro, porém, depressa baixou, e a emoção só voltou aos minutos 26, com a turma da casa a ficar por duas vezes muito perto de marcar.

Primeiro, Steed Malbranque obrigou Gianluigi Buffon a defesa apertada e, logo de seguida, Jimmy Briand surgiu isolado na cara do guardião italiano mas tocou a bola ligeiramente por cima. A Juve não tardou a responder e Andrea Pirlo, com um grande passe, isolou Tévez, mas o guarda-redes português Anthony Lopes, titular na baliza do Lyon, saiu bem aos pés do avançado argentino e negou-lhe o golo. As duas equipas voltaram, depois, a adormecer o jogo e o intervalo chegou mesmo com o nulo a persistir no marcador.

O Lyon apareceu mais ofensivo no arranque do segundo tempo e Samuel Umtiti, na conversão de um livre, colocou à prova Buffon. A Juventus pareceu despertar com esse lance e testou também os reflexos de Anthony Lopes, igualmente na sequência de um livre, cobrado por Pirlo e desviado por Briand para a sua própria baliza.

A partir daí a turma italiana tomou conta do encontro e deixou um primeiro aviso num remate de Kwando Asamoah desviado por um adversário. O golo, contudo, apenas chegou numa altura em que os visitantes pareciam já querer controlar o resultado, satisfeitos com o nulo. Pirlo cobrou um pontapé de canto à maneira curta, cruzou para a área e a bola acabou por sobrar para o segundo poste, onde Bonucci não perdoou.

Conteúdos relacionados