Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Retrospectiva do Liverpool - Sevilha

Poderá o Liverpool igualar o Sevilha com quatro triunfos na competição ou irá a equipa de Unai Emery conquistar a UEFA Europa League pela a terceira vez seguida? Saiba mais.

Conseguirá Jürgen Klopp ganhar um título no primeiro ano ao leme do Liverpool?
Conseguirá Jürgen Klopp ganhar um título no primeiro ano ao leme do Liverpool? ©Getty Images

O Liverpool FC vai tentar igualar as quatro vitórias do Sevilla FC nesta competição quando as duas formações se encontrarem na final da UEFA Europa League, em Basileia.

Confrontos anteriores
• As duas equipas vão encontrar-se pela primeira vez nas competições da UEFA.

• Os 34 jogos do Liverpool na UEFA frente a equipas espanholas terminaram em 14V 10E 10D (5V 6E 5D em Anfield – 7V 4E 5D em Espanha). Estes embates incluem duas vitórias finais em terreno neutro: 1-0 frente ao Real Madrid CF, na final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1981, em Paris, e 5-4 após prolongamento contra o Deportivo Alavés, na final da Taça UEFA de 2001, em Dortmund.

• Os oito encontros do Sevilha na UEFA com emblemas ingleses terminaram em 3V 2E 3D (2V 0E 1D em casa – 0V 2E 2D em Inglaterra). Estes jogos incluem um triunfo por 4-0 sobre o Middlesbrough FC na final de 2006 da Taça UEFA, disputada em terreno neutro, em Eindhoven.

Histórico em finais
• O Liverpool conquistou três Taças UEFA (em 1973 1976 e 2001); precisa de mais uma para igualar o registo do Sevilha na competição.

• O Sevilha é o primeiro clube a disputar a final da UEFA Europa League em três temporadas consecutivas.

• A formação da Andaluzia arrecadou a Taça UEFA/UEFA Europa League em quatro ocasiões (um recorde), na final da época passada – e pela segunda vez consecutiva. Nunca uma equipa ganhou três vezes seguidas uma grande prova de clubes da UEFA desde que o FC Bayern München conquistou a terceira Taça dos Clubes Campeões Europeus consecutiva, em 1975/76.

• Nenhuma das equipas perdeu alguma vez uma final da Taça UEFA/UEFA Europa League, embora o Sevilha tenha necessitado de dois desempates por grandes penalidades.

• Em termos de palmarés europeu, o Liverpool eclipsa o Sevilha: soma cinco títulos da Taça dos Campeões Europeus e o Sevilha nenhum, e também soma mais SuperTaças Europeias da UEFA (3-1).

• A última conquista da Taça UEFA por parte do Liverpool aconteceu em 2001, e frente a um adversário de Espanha, graças a um extraordinário 5-4 após prolongamento contra o Deportivo Alavés, em Dortmund; nessa altura o Sevilha nunca havia ganho uma prova europeia e disputava a segunda divisão espanhola.

A glória do Sevilha em 2015
A glória do Sevilha em 2015

• Se o Sevilha vencer será a décima conquista da Taça UEFA/UEFA Europa League para Espanha, o que colocaria o país à frente de Itália como o mais vitorioso. O Liverpool vai tentar o oitavo triunfo de Inglaterra.

• Nenhum elemento da actual equipa do Liverpool ganhou uma prova da UEFA pelo clube; nenhum dos actuais atletas do Sevilha participou em mais de duas das quatro conquistas nesta competição.

• O Sevilha vai tentar ser o terceiro clube a conquistar a UEFA Europa League após passar da fase de grupos da UEFA Champions League, depois do Club Atlético de Madrid (2010) e do Chelsea FC (2013).

Veja o Liverpool bater o Villarreal por 3-0
Veja o Liverpool bater o Villarreal por 3-0

Guia de forma
• O Liverpool perdeu apenas por uma vez em 14 jogos da UEFA Europa League esta temporada (6V 7E 1D).

• O registo do Sevilha em oito jogos desde que chegou oriundo da fase de grupos da UEFA Champions League é de 4V 2E 2D.

• Em termos de média de golos marcados por jogo esta época na UEFA Europa League, o Sevilha tem uma vantagem de 1,75-1,29 em relação ao Liverpool, mas sofreu 0,88 tentos por partida, contra 0,71 do Liverpool.

• Um triunfo para o Sevilha na final igualaria o registo do Villarreal de 27 vitórias na UEFA Europa League.

Veja o Sevilha apurar-se para a final
Veja o Sevilha apurar-se para a final

Ligações suíças
• A viagem de Liverpool a Basileia é de cerca de 990km; a de Sevilha à cidade suíça é um pouco mais longa, de cerca de 1600km.

• O Liverpool jogou duas vezes no St. Jakob-Park e ainda não venceu ali; empatou 3-3 num jogo da primeira fase de grupos da UEFA Champions League de 2002/03 e perdeu 1-0 na fase de grupos da competição de 2014/15. Os actuais jogadores do Liverpool, Simon Mignolet, Dejan Lovren, Philippe Coutinho, Jordan Henderson e Martin Škrtel, foram titulares nesse jogo, enquanto Adam Lallana entrou durante a partida. Kolo Touré, Alberto Moreno e Lucas Leiva foram suplentes não utilizados.

• A única viagem anterior do Sevilha a Basileia aconteceu na UEFA Europa League desta temporada, quando empatou 0-0 em St. Jakob-Park nos oitavos-de-final.

• O outro único jogo do Sevilha na Suíça foi uma vitória por 4-0 na fase de grupos da Taça UEFA, na casa do Grasshopper Club Zürich, em 2006/07, pelo que a formação espanhola ainda não perdeu ou sofreu golos em solo suíço.

• O registo global do Liverpool em seis jogos na Suíça é de 3V 1E 2D.

Alberto Moreno, do Liverpool
Alberto Moreno, do Liverpool©AFP/Getty Images

Ligações e curiosidades
• O lateral espanhol do Liverpool, Alberto Moreno, foi formado no Sevilha, tendo realizado 62 jogos pelos andaluzes antes de reforçar os "reds" em 2014.

• O avançado do Sevilha, José Antonio Reyes, e o defesa do Liverpool, Kolo Touré, foram colegas de equipa no Arsenal FC (2004-06); Reyes defrontou duas vezes o Liverpool no tempo em que jogou em Inglaterra (1V 1D), tendo marcado um golo.

• O defesa do Sevilha, Timothée Kolodziejczak, e o do Liverpool, Dejan Lovren, jogaram juntos no Olympique Lyonnais de 2010 a 2012.

• Kevin Gameiro marcou sete golos na Europa League de 2015/16 – exactamente metade dos tentos do Sevilha na prova desta temporada. Um "hat-trick" na final colocaria o francês a par do atacante do Athletic Club, Aritz Aduriz, com dez golos e como melhor marcador da competição esta época.

Kevin Gameiro, do Sevilha
Kevin Gameiro, do Sevilha©AFP/Getty Images

• Gameiro chega à final após marcar nos três anteriores jogos da UEFA Europa League.

• Adam Lallana é o melhor marcador do Liverpool na UEFA Europa League esta temporada com três golos.

• O português do Sevilha, Daniel Carriço, realizou mais jogos na UEFA Europa League (da fase de grupos até à final) do que qualquer outro atleta, 53 no total. Nenhum outro jogador realizou mais de 50 jogos na prova desde a sua criação em 2009/10.

• Carriço jogou em Inglaterra, pelo Reading FC, em 2013; um dos seus três jogos pelo clube foi um 0-0 em casa ante o Liverpool, em Abril de 2013.

• O médio do Sevilha, Steven N'Zonzi, jogou em Inglaterra de 2009 a 2015, pelo Blackburn Rovers FC e a seguir pelo Stoke City FC. O seu registo em 11 encontros com o Liverpool é de 2V 3E 6D, e marcou na mais recente dessas partidas – uma vitória por 6-1 pelos "potters" a 24 de Maio de 2015.

• O médio-ofensivo do Liverpool, Philippe Coutinho, esteve emprestado aos espanhóis do RCD Espanyol em 2012; marcou num empate 1-1 frente ao Sevilha no seu último jogo pelo clube, a 13 de Maio de 2012.

• Federico Fazio, do Sevilha, passou a época 2014/15 no Tottenham Hotspur FC, mas nunca defrontou o Liverpool.

• O guarda-redes do Liverpool, Simon Mignolet, disputou a totalidade dos 1260 minutos da campanha do Liverpool - o máximo de qualquer jogador presente na final.

• Divock Origi, do Liverpool, era jogador jovem do LOSC Lille quando o defesa do Sevilha, Adil Rami, brilhava na primeira equipa dos franceses.

• O extremo ucraniano do Sevilha, Yevhen Konoplyanka, chegou oriundo do Dnipro Dnipropetrovsk após a derrota da equipa na final da UEFA Europa League da época passada. Poderá então ser o primeiro jogador a disputar duas finais seguidas por emblemas diferentes desde Radamel Falcao que ganhou a UEFA Europa League pelo FC Porto (2011) e pelo Atlético (2012).

Os treinadores
• Jürgen Klopp substituiu Brendan Rodgers no Liverpool em Outubro passado. O treinador de 48 anos conduziu o Dortmund ao título da Bundesliga em 2010/11 e fez a “dobradinha” na época seguinte, mas não evitou o triunfo do FC Bayern München na final da UEFA Champions League de 2013.

• Klopp defrontou o Sevilha pelo 1. FSV Mainz 05 e pelo Dortmund; a sua equipa do Mainz empatou 0-0 em casa e perdeu 2-0 fora na primeira eliminatória da Taça UEFA de 2005/06 – que o Sevilha viria a conquistar. Depois, na fase de grupos de 2010/11 da UEFA Europa League, a sua equipa perdeu 1-0 em casa e empatou 2-2 em Sevilha frente a uma equipa orientada por Gregorio Manzano.

• O registo do técnico em 13 jogos com clubes espanhóis (com o 1. FSV Mainz 05, Dortmund e LIverpool) é de 5V 3E 5D.

• Klopp espera tornar-se no sexto treinador a levar o Liverpool a um título europeu, depois de Bill Shankley, Bob Paisley, Joe Fagan, Gérard Houllier e Rafael Benítez.

• Unai Emery, de 44 anos, esteve por detrás do sucesso do Sevilha nas duas últimas edições da UEFA Europa League, depois de assumir o comando da equipa em Janeiro de 2013. O antigo médio ganhou fama nos quatro anos que esteve ao leme do Valência e orientou o Spartak Moskva em 2012.

• O registo de Emery nos oito jogos contra clubes ingleses é de 2V 2E 4D; seis encontros pelo Valência e duas derrotas ante o Manchester City FC pelo Sevilha, na UEFA Champions League desta temporada.

• Emery orientou equipas em 58 jogos da UEFA Europa League games – mais do que qualquer outro técnico. A segunda mão da meia-final ante o Shakhtar foi o seu 100º nas provas da UEFA.

Desempate por penalties
• O registo do Liverpool em quatro decisões da marca de grande penalidade na UEFA é de V3 D1:
V 4-2 N - AS Roma (final da Taça dos Campeões Europeus 1983/84)
V 3-2 N - AC Milan (final da UEFA Champions League 2004/05)
V 4-1 C - Chelsea FC (meias-finais da UEFA Champions League 2006/07)
D 5-4 F - Beşiktaş JK (16 avos-de-final da UEFA Europa League 2014/15)

O triunfo do Sevilha nos penalties com o Athletic
O triunfo do Sevilha nos penalties com o Athletic

• O Sevilha venceu cinco das seis decisões por grandes penalidades nas provas da UEFA que disputou (V1 D1 em casa, V2 fora e V2 em campo neutro):
V 4-3 F - PAOK FC (primeira eliminatória da Taça UEFA 1990/91)
V 3-1 N - RCD Espanyol (final da Taça UEFA 2006/07)
D 3-2 C - Fenerbahçe SK (oitavos-de-final da UEFA Champions 2007/08)
V 4-3 F - Real Betis Balompié (oitavos-de-final da UEFA Europa League 2013/14)
V 4-2 N - SL Benfica (final da UEFA Europa League 2013/14)
V 5-4 C - Athletic Club (quartos-de-final da UEFA Europa League 2015/16)

Topo