Encaixe dos clubes com a UEFA Europa League

A UEFA distribuiu mais de 200 milhões de euros pelos 56 clubes de 27 países participantes na Europa League de 2013/14, com destaque para o recorde de 14,6 milhões do vencedor Sevilha.

Unai Emery levou o Sevilha a conseguir uma receita recorde
Unai Emery levou o Sevilha a conseguir uma receita recorde ©Getty Images

A UEFA distribuiu mais de 200 milhões de euros pelos 56 clubes que competiram na UEFA Europa League de 2013/14 em representação de 27 federações nacionais, um novo recorde de países participantes na prova.

Relatório completo da distribuição pelos clubes.

As receitas geradas pelo “marketing” centralizado da UEFA Europa League, que contaram também com uma contribuição suplementar partilhada pelos clubes da UEFA Champions League, foram redistribuídas pelos 48 emblemas que competiram a partir da fase de grupos, assim como pelas oito equipas que entraram em prova nos 16 avos-de-final depois de terem sido terceiras classificadas nos seus grupos na UEFA Champions League. O Sevilla FC, o clube que conquistou o troféu em Turim, foi naturalmente o mais recompensado, recebendo mais de 14,6 milhões de euros, mais 3,5 milhões do que qualquer dos emblemas participantes na edição de 2012/13.

O Sevilha recebeu um bónus de participação de 1,3 milhões de euros, mais cinco milhões do montante de receitas do mercado televisivo e oito milhões em consequência dos resultados conseguidos, incluindo cinco milhões por vencer a final. O SL Benfica, que foi finalista, competiu na fase de grupos da UEFA Champions League, onde ganhou mais de 15,3 milhões de euros, a que juntou mais 5,2 milhões devido à boa carreira na UEFA Europa League. A maior parte deste montante foi fruto dos resultados conseguidos, ao contrário da Juventus, que tal como o Benfica entrou em prova nos 16 avos-de-final, e que somou mais de sete milhões de euros na caminhada até às meias-finais, incluindo mais de cinco milhões devido à sua parte no mercado televisivo de Itália, totalizando mais de 50 milhões de euros na participação nas duas provas da UEFA.

Mesmo os clubes que foram afastados da UEFA Europa League antes da entrada em prova de clubes como a Juventus e Benfica tiveram a sua recompensa. O Wigan Athletic FC, da segunda divisão inglesa, ficou pela fase de grupos na época de estreia nas competições europeias, mas conseguiu arrecadar 3,8 milhões de euros. FC Salzburg e Tottenham Hotspur FC chegaram à fase a eliminar e somaram 1,6 milhões graças ao triunfo por terem vencido os seis encontros da fase de grupos e ao bónus por terem terminado em primeiro lugar. As equipas receberam 200.000 euros por vitória, 100.000 euros por cada empate, 400.000 euros por vencerem o grupo e 200.000 euros por terminarem no segundo lugar.

A equipa com menos receitas foi o GNK Dinamo Zagreb, que ainda assim recebeu 1,5 milhões de euros, menos que o FC Shakhter Karagandy, a primeira equipa do Cazaquistão a participar numa fase de grupos das competições europeias.

Topo