Como o vencedor da Europa League entra na Champions League

Como funciona o sistema e que implicações tem nas vagas da UEFA Champions League.

O vencedor da UEFA Europa League garante lugar na fase de grupos da UEFA Champions League
O vencedor da UEFA Europa League garante lugar na fase de grupos da UEFA Champions League ©Getty Images

Como funciona?

É simples: o vencedor da UEFA Europa League de 2019/20 tem a motivação suplementar de garantir a entrada directa na fase de grupos da UEFA Champions League de 2020/21.

Sempre foi assim?

Quando a regra foi implementada em 2014/15 (para o acesso em 2015/16), o vencedor tinha inicialmente apenas garantida uma vaga no "play-off" da UEFA Champions League, entrando directamente na fase de grupos se esse clube ou o detentor da UEFA Champions League já se tivessem qualificado através da sua liga nacional. De facto, isso acabou por se verificar nas três épocas em que esta regra esteve em vigor. A qualificação automática passou a ser aplicada em 2017/18.

E se o vencedor já se tiver qualificado através da sua liga nacional?

Se o vencedor da UEFA Europa League se qualificar para a fase de grupos através do campeonato nacional, o terceiro classificado da federação quinta classificada no "ranking" (França) entra na fase de grupos. Isto aconteceu nas duas épocas passadas: o Atlético e o Chelsea, vencedores da UEFA Europa League, apuraram-se através dos seus campeonatos nacionais, pelo que o Lyon, terceiro em França nessas duas temporadas, entrou na fase de grupos.

Que clubes beneficiaram até agora?

2014/15 - vencedor Sevilha (terminou em quinto na Liga espanhola)

2015/16 - vencedor Sevilha (sétimo na Liga espanhola)

2016/17 - vencedor Manchester United (sexto na Premier League)

2017/18 - Lyon
2018/19 - Lyon

Por favor, note que a distribuição dos lugares das federações pode sofrer alterações. Além disso, a lista de acesso final está sujeita a aprovação final por parte da UEFA.