Quem está na Equipa da Semana da Europa League?

Herói do Sporting em Plzeň, Rodrigo Battaglia é o único jogador dos "leões" na nossa Equipa da Semana da UEFA Europa League, da qual fazem ainda parte quatro jogadores brasileiros, três deles na defesa.

Stefan de Vrij comemora após marcar frente ao Dínamo
Stefan de Vrij comemora após marcar frente ao Dínamo ©AFP/Getty Images

Nota: Ainda que a FedEx Performance Zone seja um registo que leva em linha de conta quer os jogos europeus, quer os jogos a nível interno, a Equipa da Semana tem por base exclusivamente o desempenho na ronda da UEFA Europa League em questão.

Guarda-redes

Aleš Hruška (Plzeň)
A formação checa obrigou o Sporting a jogar o prolongamento, mas se o fez tem de agradecer a Hruška a defesa ao penalty de Bas Dost em cima do minuto 90.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 107 (subiu 75 lugares)

Defesas

Bernardo (Leipzig)
Foi, sobretudo, uma fantástica actuação defensiva por parte do Leipzig que permitiu à turma alemã resistir ao Zenit e os números de Bernardo comprovam-no. Fez 13 cortes e ganhou dez duelos aéreos, ajudando a sua equipa a aguentar-se firme na Rússia.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 104 (subiu 131 lugares)

Luis Felipe (Lázio)
Stefan de Vrij pode ter feito as manchetes por ter sido ele a marcar o golo, mas o seu parceiro na defesa, Luis Felipe, contribuiu com uma assistência e esteve impressionante no capítulo defensivo: ganhou seis duelos aéreos e fez dez intercepções, contribuindo decisivamente para que a turma romana não sofresse golos.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 134 (subiu 149 lugares)

Stefan de Vrij (Lázio)
Para além de ter ajudado a sua equipa a não sofrer golos, De Vrij assinou o importante segundo golo que permitiu à Lázio respirar em Kiev. Ganhou quatro duelos aéreos e efectuou quatro cortes, numa impressionante actuação defensiva.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 50 (subiu 88 lugares)

Filipe Luís (Atlético)
O lateral-esquerdo brasileiro consegue estar na equipa da semana nas duas mãos da eliminatória com o Lokomotiv graças a mais uma grande exibição. Fez uma assistência para golo e teve nove intervenções defensivas, entre elas um corte a evitar um golo.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 30º (subiu 37 lugares)

Médios

Ángel Correa (Atlético)
Com um golo e duas assistências, Correa ajudou o Atlético a golear o Lokomotiv por 1-5 em Moscovo, seguindo tranquilamente para os quartos-de-final. O argentino continua a ter um excelente 2018.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 8º (subiu 23 lugares)

Lucas (Lázio)
Um raro golo por parte do médio-defensivo abriu caminho à vitória da Lázio na Ucrânia; no resto, Lucas foi igual a si mesmo, com seis intervenções defensivas.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 25º (subiu 28 lugares)

Rodrigo Battaglia (Sporting)
Battaglia marcou o golo que o Sporting precisava no prolongamento para ultrapassar um surpreendente Plzeň. Para além de ter apontado o golo que acabou por decidir a eliminatória, efectuou ainda sete desarmes, ganhou seis duelos aéreos e fez cinco cortes.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 65 (subiu 95 lugares)

Lucas Ocampos (Marselha)
O argentino volta a integrar a equipa da semana depois de mais uma excelente actuação diante do Athletic. Marcou o seu terceiro golo na eliminatória e ainda acertou uma bola nos ferros da baliza adversária, revelando-se decisivo no apuramento da formação gaulesa.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 5 (subiu 1 lugar)

Avançados

Marek Bakoš (Plzeň)
O jogador que mais posições subiu nesta segunda mão dos oitavos-de-final, Marek Bakoš, avançado do Plzeň, bisou frente ao Sporting e permitiu à sua equipa sonhar com a reviravolta na eliminatória e com o apuramento diante dos "leões" até ao golo sofrido no prolongamento.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 146 (subiu 425 lugares)

Danny Welbeck (Arsenal)
No dia em que soube que está de regresso aos convocados da selecção de Inglaterra, Welbeck justificou essa chamada com dois golos pelo Arsenal na vitória por 3-1 sobre o Milan, subindo 128 posições no ranking.
Posição no ranking da FedEx Performance Zone: 29º (subiu 128 lugares)