O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Estilo, palmarés e figuras: análise do Celta Vigo

Com um treinador seguidor de Marcelo Bielsa e o hábito recente de provocar problemas aos grandes do futebol espanhol, o UEFA.com considera que o Celta Vigo é uma equipa destinada a saltar para a ribalta.

O Celta eliminou o Genk nas meias-finais
O Celta eliminou o Genk nas meias-finais ©Getty Images

O Celta de Vigo é a menos conhecida das equipas presentes nas meias-finais da UEFA Europa League. Quem são, quem é o treinador e qual é o seu estilo? O UEFA.com pediu respostas para estas questões ao especialista Graham Hunter.

O treinador do Celta

Eduardo “Toto” Berizzo começou a carreira de jogador sob o comando de Marcelo Bielsa, o treinador que estava no comando do Athletic Club quando o clube de Bilbau eliminou o United desta prova nos oitavos-de-final de 2011/12. Os dois conheceram-se muito antes, no início da década de 1990, no Newell's Old Boys na Argentina.

Berizzo tem 47 anos e continua a ser um admirador da filosofia de Bielsa, que assenta no trabalho, nos treinos intensos e num futebol fluido, atacante e atraente.

Veja como o Celta chegou até às meias-finais
Veja como o Celta chegou até às meias-finais

Resultados do Celta
As exibições do Celta desde que há quase três anos o antigo defesa Berizzo substituiu Luis Enrique, que saiu para o Barcelona, mostram que é uma equipa perigosa.

Na época passada o Celta derrotou o Atlético Madrid, finalista da UEFA Champions League, na Taça de Espanha, antes de ser eliminado pelo Sevilha nas meias-finais. Antes disso, já tinha derrotado o Barcelona 4-1 na Liga.

Esta época os galegos continuaram a criar problemas aos grandes de Espanha, marcando por quatro vezes ao Barça num emotivo duelo com sete golos em Outubro. Em Janeiro eliminaram o Real Madrid da Taça de Espanha depois de vencerem por 2-1 no Santiago Bernabéu e empatarem 2-2 em casa. Resultados impressionantes.

Veja o triunfo do Celta no reduto do Shakhtar Donetsk
Veja o triunfo do Celta no reduto do Shakhtar Donetsk

Estrelas
Felipe Miñambres, o director para o futebol, é o responsável pela estratégia. Tem comprado e vendido de forma inteligente e parece saber exactamente que treinador é o melhor para garantir que o clube mantém o seu estilo.

Iago Aspas é o capitão e o grande ídolo dos sócios, não teve sucesso na passagem pelo Liverpool, mas sempre foi adepto do Celta e tem mostrado excelente forma desde que regressou a “casa”. Marcou 30 golos na Liga em duas épocas e já se tornou titular da selecção de Espanha.

John Guidetti é outro dos bons reforços e tem uma motivação suplementar para atingir a final, já que para um sueco seria um sonhar lutar pelo troféu em Estocolmo. Se isso não bastar, defrontar o United é sempre motivante para um jogador que começou a carreira no Manchester City.