Notícias dos finalistas

O Liverpool deve apresentar a equipa habitual, embora Jürgen Klopp tenha boas alternativas no banco, enquanto o Sevilha poderá repetir a aposta no ataque que tão bons resultados lhe deu no passado.

Roberto Firmino e Jürgen Klopp no St. Jakob-Park
Roberto Firmino e Jürgen Klopp no St. Jakob-Park ©Sportsfile
O capitão Jordan Henderson está de regresso à equipa
O capitão Jordan Henderson está de regresso à equipa©Getty Images

Liverpool: Mignolet; Clyne, Lovren, Touré, Moreno; Lallana, Can, Milner; Firmino, Sturridge, Coutinho.
Ausentes: Rossiter (coxa), Gomez (joelho), Sakho (suspenso)
Em dúvida: Origi (tornozelo/pé)

Os cinco jogadores mais recuados dos “reds” têm lugar garantido, mas existem algumas dúvidas sobre quem irá jogar mais à frente. O capitão Jordan Henderson regressou aos relvados no sábado, após cinco semanas de paragem devido a uma lesão num joelho, mas deve começar no banco ao lado de Divock Origi (que vai ser sujeito a um teste físico de última hora) e, possivelmente, de Joe Allen. Jürgen Klopp pode apostar na mesma equipa titular que venceu o Villarreal por 3-0 na última jornada desta competição.

Sevilha: David Soria; Mariano, Rami, Carriço, Escudero; Krychowiak, N'Zonzi; Coke, Banega, Vitolo; Gameiro.
Ausentes: Krohn-Dehli (joelho), Trémoulinas (joelho)

Unai Emery deverá voltar a aposta na táctica que tão bons resultados deu frente ao Shakhtar Donetsk nas meias-finais, colocando Coke no meio-campo e fazendo Mariano alinhar a defesa-direito. A lesão de Benoît Trémoulinas leva a que Sergio Escudero jogue no lado esquerdo da defesa. Sergio Rico, que hoje ficou a saber que faz parte dos convocados de Espanha para o UEFA EURO 2016, deverá ficar no banco, com Unai Emery a entregar a titularidade na baliza a David Soria, que é totalista na prova. Há poucos meses Soria ainda jogava na terceira divisão espanhola.

Liverpool - Sevilha: o duelo na final de Basileia
Liverpool - Sevilha: o duelo na final de Basileia