História até agora do finalista da Europa League: Sevilha

Ganhou metade dos jogos na UEFA Europa League e Kevin Gameiro marcou metade dos golos: o UEFA.com recorda a caminhada do Sevilha até Basileia.

Kevin Gameiro comemora um dos sete golos que marcou pelo Sevilha
Kevin Gameiro comemora um dos sete golos que marcou pelo Sevilha ©AFP/Getty Images

História até agora 
Depois de garantir um lugar na UEFA Champions League como vencedor da UEFA Europa League, o Sevilha conseguiu um meritório terceiro lugar num grupo com Manchester City, Juventus e Mönchengladbach. Os espanhóis afastaram os noruegueses do Molde e os suíços do Basileia, anfitriões da final, antes de baterem os compatriotas do Athletic num emocionante desempate por grandes penalidades. Nas meias-finais, o Shakhtar não conseguiu impedir o Sevilha de fazer história ao tornar-se no primeiro clube a garantir a presença em três finais consecutivas da prova.

Registo nesta época*: J8 V4 E2 D2 GM14 GS7

Momento-chave

O triunfo do Sevilha nas grandes penalidades
O triunfo do Sevilha nas grandes penalidades

A derrota por 2-1 com o Athletic, na segunda mão dos quartos-de-final, obrigou o Sevilha a disputar um prolongamento, altura em que um golo sofrido em casa poderia ser comprometedor. Os andaluzes conseguiram levar os bascos para o desempate por grandes penalidades e o guarda-redes David Soria fez a diferença, depois de ter tido uma eliminatória complicada. Defendeu a quarta tentativa do Athletic, batida por Beñat Etxebarria, enquanto Coke, Grzegorz Krychowiak, Yevhen Konoplyanka, Steven N'Zonzi e Kevin Gameiro não falharam qualquer conversão e o seu conjunto seguiu em frente.

Jogador-chave 
Após a saída do atacante Carlos Bacca para o Milan, no início da época, o Sevilha ficou com uma vaga importante para preencher, mas não precisou de ir ao mercado. Em vez disso, a camisola nº9 de Bacca e a acrescida responsabilidade foram entregues a Kevin Gameiro. O avançado francês correspondeu à aposta do treinador e marcou sete golos na UEFA Europa League, assim como o penalty decisivo frente ao Athletic.

O lutador Grzegorz Krychowiak
O lutador Grzegorz Krychowiak©AFP/Getty Images

Herói improvável
Grzegorz Krychowiak recebeu em França as alcunhas de "Le Plombier” (canalizador) e “Le Bûcheron” (lenhador) devido à disponibilidade para fazer as tarefas mais exigentes em campo, revelando-se uma presença física importante no meio-campo do Sevilha desde que foi contratado ao Reims, em 2014. A capacidade de trabalho, qualidade nos passes e desarme levaram a aumentar a cobiça em relação ao jogador de 26 anos. Frente ao Athletic mostrou que também podem contar com ele para as grandes penalidades e pode ser uma das grandes figuras da Polónia no UEFA EURO 2016.

Número: 4 
O número de vezes que o Sevilha ganhou a Taça UEFA e UEFA Europa League, mais do que qualquer outro clube. É também o número de vitórias que o clube somou desde que entrou em prova nos 16 avos-de-final, um triunfo por cada ronda disputada.

O treinador do Sevilha, Unai Emery
O treinador do Sevilha, Unai Emery©AFP/Getty Images

Frase
"Os adeptos do Sevilha adoram esta competição. Irei para sempre recordar que 4000 pessoas acompanharam a equipa até ao Estoril para um jogo da fase de grupos em 2013. Obviamente que o grande objectivo é a UEFA Champions League, mas a UEFA Europa League é o nosso caminho para a felicidade."
Unai Emery sobre a Europa League

*Apenas na UEFA Europa League

Topo