Bakambu decisivo em goleada do Villarreal

Sparta 2-4 Villarreal (total: 3-6)
A equipa espanhola demonstrou em Praga por que razão é a equipa mais concretizadora da prova e confirmou o apuramento com goleada.

Highlights: Sparta Praha 2-4 Villarreal

O Villarreal conquistou facilmente, em Praga, a qualificação para as meias-finais da UEFA Europa League, depois de ter rubricado uma exibição consistente e personalizada diante de um adversário que, apesar do forte apoio dos seus adeptos na primeira meia-hora, chegou ao intervalo já a perder por 0-3, acusando a ausência de várias pedras influentes.

A equipa espanhola comandada por Marcelino é actualmente a que regista mais golos marcados na história da competição (78 antes deste jogo) e na capital checa apenas precisou de cinco minutos para ultrapassar a oposição do guarda-redes David Bičík através do sentido de oportunidade do goleador Cédric Bakambu que, um minuto antes, já tinha lançado um sério aviso à equipa checa.

Invencível em casa há 17 jogos, o Sparta não se desmotivou perante o tento madrugador do Villarreal que obrigava a formação local a marcar, pelo menos, dois golos para igualar a eliminatória e por várias vezes conseguiu perigar a baliza à guarda de Alphonse Aréola nos primeiros 30 minutos.

Contudo, para infelicidade dos checos, o Villarreal, tremendamente eficaz na finalização na primeira parte, marcou mais dois tentos antes da chegada do intervalo, desfezando assim por completo a esperança do Sparta de alcançar as meias-finais da prova.

O Sparta foi obrigado a apresentar uma defesa muito remendada face à ausência dos centrais Jakub Brabek, Costa e Mario Holek e o Villarreal, com a lição bem estudada, não desaproveitou tal facto, vincando a sua capacidade concretizadora através de Samuel Castillejo (42) e David Lafata (45, na própria baliza).

À passagem do minuto 49, também já havia poucas dúvidas de que Sparta iria perder igualmente a sua longa invencibilidade caseira ao sofrer o quarto tento da autoria de Bakambu que, assim, chegou ao seu quarto golo nesta eliminatória.

A partir daqui, o Sparta, aproveitando o expectável abrandamento do Villarreal, conseguiu melhorar a sua imagem na eliminatória ao reduzir a desvantagem para 2-4 - Bořek Dočkal fez o primeiro dos checos com um remate colocado à entrada da grande área (65) e Ladislav Krejčí o segundo com um oportuno desvio na pequena área (71). 

Os adeptos locais ganharam um novo fôlego e estiveram perto de gritar golo pela terceira vez aos 73 (remate ao lado de Marek Matějovský) e 87 minutos (grande defesa de Aréola)Foi uma boa reacção do Sparta depois do 0-4, mas os erros defensivos na primeira parte foram fatais e o Villarreal não perdoou.

©Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
Topo