De que forma Sakho deu a volta aos críticos no Liverpool

Inspirado no empate do Liverpool em Dortmund, Mamadou Sakho está a conquistar os adeptos; o UEFA.com traça o perfil do defesa que "contradiz as leis do movimento".

Há muito que os adeptos do Liverpool estão convencidos do talento de Mamadou Sakho
Há muito que os adeptos do Liverpool estão convencidos do talento de Mamadou Sakho ©AFP/Getty Images

Data de nascimento: 13/02/1990

Palmarés
• Liga francesa: 2013
• Taça de França: 2010
• Taça da Liga francesa: 2008

• "Cresci numa zona de Paris onde a vida não é fácil", disse Mamadou Sakho sobre a sua infância passada nos 18º e 21º bairros de Paris, admitindo ter sido um adolescente bastante combativo. O seu pai faleceu quando tinha 14 anos, altura em que já estava a dar outro sentido à vida. "Reprimi os meus impulsos e decidi concentrar-me em tornar-me futebolista profissional. A vida era bastante dura nessa altura, mas senti ser minha obrigação tornar-me futebolista profissional e sustentar a minha família."

• O Paris Saint-Germain nomeou Sakho capitão de equipa com apenas 17 anos no jogo de estreia pelo clube – numa clara demonstração de crença no defesa. "Foi demasiado para mim", comentou. "Senti-me desconfortável e embaraçado, mas o que podia fazer – não aceitava a braçadeira?". Brilharia seis temporadas pelo PSG, antes de ingressar no Liverpool, em 2013, numa transferência que terá rondado os 19 milhões de euros.

• Ao contrário de alguns ex-jogadores e comentadores, Steven Gerrard nunca duvidou da capacidade de Sakho. O eterno capitão dos "reds" enviou uma mensagem escrita ao antigo companheiro de equipa, Jamie Carragher, com uma avaliação da primeira semana do francês do clube. "Ele é uma besta." Gerrard continuou a registar o seu progresso, enviando uma mensagem escrita a Sakho quanto este foi nomeado capitão do Liverpool para o encontro de Setembro, na UEFA Europa League, em Bordéus.

• O ex-treinador do Liverpool, Brendan Rodgers, tomou decisões díspares sobre Sakho, pois colocava-o e retirava-o da equipa. O defesa-central fez uma cena quando, em Setembro de 2014, omitido da lista de convocados para o derby de Mersey com o Everton, deixou Anfield antes do início do encontro. Regressou mais forte, no entanto, tendo dito: "Durante o curto período em que não joguei, parecia um leão enjaulado que não fora alimentado durante algum tempo. E que, quando se abre a porta, ataca."

• Jürgen Klopp não tinha dúvidas dessas sobre Sakho e colocou o jogador de 26 anos ao lado de Dejan Lovren no eixo defensivo, apesar de ter havido alguns atritos. Sakho não estava muito contente por ter sido retirado do campo, por precaução, após um choque de cabeças durante a final da Taça da Liga realizada em Fevereiro – e tem estado a gostar de trabalhar com o alemão. "Ele é bastante humano, muito próximo dos seus jogadores e de todos os funcionários do clube. É bastante expressivo. Isso não significa que seja necessariamente mau, mas sim, serve para nos encorajar."