Retrospectiva Liverpool - Dortmund

A segunda mão do "derby Jürgen Klopp" começa equilibrada, ainda que o golo marcado em Dortmund tenha deixado o actual treinador do Liverpool com ligeira vantagem.

Jürgen Klopp celebra golo inaugural do Liverpool em Dortmund
Jürgen Klopp celebra golo inaugural do Liverpool em Dortmund ©Getty Images

O “derby Jürgen Klopp” conclui-se em Anfield, com o actual treinador do Liverpool à beira de eliminar a sua antiga equipa do Dortmund nos quartos-de-final.

Encontros anteriores 
• Divock Origi deu a vantagem aos ingleses na primeira mão em Dortmund, antes de Mats Hummels repor o empate após o intervalo.

• As equipas já se defrontaram por quatro vezes em provas da UEFA, registando-se V1 E2 D1. A mais conhecida, foi o triunfo do Dortmund de Willi Multhaup sobre o Liverpool de Bill Shankly, por 2-1, no prolongamento, na final da Taça das Taças de 1966, em Glasgow.

• Na primeira fase de grupos da UEFA Champions League 2011/02, o  Liverpool de Gérard Houllier empatou 0-0 com o Dortmund de Mathias Sammer, na Alemanha, após o que venceu na segunda mão por 2-0– com Phil Thompson no comando da equipa inglesa enquanto Houllier recuperava de uma intervenção cirúrgica ao coração. 

Resumo: Dortmund 1-1 Liverpool
Resumo: Dortmund 1-1 Liverpool

• O registo total do Dortmund em 22 partidas oficiais contra equipas inglesas é de V11 E5 D6 (V6 E4 D1 em Dortmund – V4 E1 D5 em Inglaterra). Esta época, eliminou o Tottenham Hotspur FC, com dois triunfos, nos oitavos-de-final.

Guia de forma
• O Liverpool está invicto em casa nas provas europeias há sete jogos – quatro vitórias (apenas uma por mais do que um golo de diferença) e três empates 1-1, o que sugere uma noite tensa na recepção ao Dortmund.

• O Liverpool é o único clube que tendo começado na fase de grupos chega ao 11º jogo invicto, somando quatro vitórias e sete empates – mais do que qualquer outra equipa na edição 2015/16 da prova. Nenhuma equipa detém 12 jogos sem perder numa única edição da UEFA Europa League, apesar do Club Atlético de Madrid ter estado 15 jogos sem perder no somatório de duas edições da competição, de Novembro de 2011 a Outubro de 2012.

• O Dortmund ganhou esta época cinco dos sete jogos europeus fora (V5 E1 D1). Nos últimos 36 jogos para a UEFA não terminou nenhum empatado 0-0. 

Veja como o Dortmund eliminou o Manchester United
Veja como o Dortmund eliminou o Manchester United

•O Dortmund venceu sete dos seus dez jogos desde o início da fase de grupos; apenas o Villarreal venceu mais vezes.

• O Liverpool perdeu com o Beşiktaş JK, nos penalties, nos 16 avos-de-final da época passada e com o FC Zenit, na mesma eliminatória, na anterior presença na UEFA Europa League, em 2012/13. O vencedor em 1973, 1976 e 2001 da Taça UEFA chegou pela última vez aos quartos-de-final em 2009/10, eliminando o SL Benfica a caminho da derrota na meia-final com o Atlético Madrid.

• Antes desta participação, o Dortmund não jogava na UEFA Europa League desde o insucesso na fase de grupos em 2010/11. Foram duas vezes finalistas vencidos da Taça UEFA, derrotados pela Juventus em 1993e pelo Feyenoord em 2002.

Ligações e curiosidades

• A distância entre Dortmund e Liverpool é cerca de 750 quilómetros.

• Aritz Aduriz, do Athletic Club, é o melhor marcador desta época na UEFA Europa League com nove golos; Pierre-Emerick Aubameyang, do Dortmund, e Cédric Bakambu, do Villarreal são os mais próximos com sete golos cada um.

• Nuri Şahin, do Dortmund, esteve cinco meses emprestado ao Liverpool em 2012/13. Ele marcou uma vez em jogos para a Premier League pelo Liverpool, tendo ainda alinhado em quatro partidas da fase de grupos da UEFA Europa League.

• Durante a passagem pelo Manchester United, entre 2012 e 2014, Shinji Kagawa defrontou três vezes o Liverpool e venceu sempre.

Finalização de classe de Coutinho frente ao Manchester United
Finalização de classe de Coutinho frente ao Manchester United

• Emre Can (Liverpool) e Gonzalo Castro ( Dortmund) foram colegas de equipa no Leverkusen em 2013/14.

• Durante cinco épocas nos alemães do Hoffenheim, Roberto Firmino, actualmente no Liverpool, marcou dois golos ao Dortmund, na Alemanha (V3 E2 D5).

• Apenas quatro dos jogadores envolvidos nos quartos-de-final jogaram todos os 990 minutos da participação das suas equipas: Victor Ruiz, do Villarreal, Iago Herrerín, do Athletic, Costa, do Sparta Praha, e o guarda-redes do Liverpool, Simon Mignolet.

• O próximo jogos europeu de Mats Hummels será o 50º nas provas de clubes da UEFA.

• ODos clubes presentes nos quartos-de-final, Liverpool (1973, 1976 e 2001), Sevilla FC (2006, 2007, 2014, 2015) e FC Shakhtar Donestk (2009) já venceram a competição, enquanto o Athletic (1977 e 2012), SC Braga (2011) e Dortmund (1993 e 2002) perderam finais da Taça UEFA ou da UEFA Europa League.

• O Dortmund é uma das duas equipas – a outra é o Athletic - que sendo proveniente da terceira pré-eliminatória atingiu esta época os quartos-de-final.

• Desde a primeira jornada, o Dortmund já acertou por dez vezes nos ferros da baliza. Henrikh Mkhitaryan foi responsável por cinco desses remates.

Caminhada de Klopp rumo à final de 2013
Caminhada de Klopp rumo à final de 2013

• Caso o Dortmund conquiste a UEFA Europa League, torna-se apenas no quinto clube a ter no seu palmarés os três principais títulos europeus (Taça dos Clubes Campeões Europeus/UEFA Champions League, Taça UEFA/UEFA Europa League e Taça das Taças), depois de AFC Ajax, FC Bayern München, Juventus e Chelsea FC.

Os treinadores
• Jürgen Klopp, de 48 anos, substituiu Brendan Rodgers no Liverpool em Outubro passado. No Dortmund, foi bicampeão alemão e perdeu a final da UEFA Champions League de 2013.

• Esta é a época de estreia de Thomas Tuchel no Dortmund, após suceder a Jürgen Klopp no Verão passado. Notabilizou-se pelas cinco épocas passadas no Mainz, mas antes de representar a actual equipa tirou um ano sabático.