Van Gaal quer recompensar adeptos do United

Com a sua equipa em desvantagem por 2-0, Louis van Gaal disse que o Manchester United "deve aos adeptos um grande resultado" e moraliza-se com a reviravolta frente ao Midtjylland.

Louis van Gaal no treino do Manchester United, esta quarta-feira de manhã
Louis van Gaal no treino do Manchester United, esta quarta-feira de manhã ©AFP/Getty Images
  • Este é 196º encontro oficial entre os dois clubes
  • Liverpool tem uma vantagem de 2-0 depois de ter dominado a primeira mão, na semana passada
  • Manchester United não perde há dez jogos em casa nas competições europeias (V8 E2)
  • Liverpool está imbatível nos nove jogos europeus disputados esta época, tendo somado cinco empates
  • Jesse Lingard está de regresso após ter cumprido castigo na primeira mão

Equipas prováveis
Manchester United: De Gea; Varela, Smalling, Blind, Rojo; Schweinsteiger, Schneiderlin; Martial, Herrera, Lingard; Rashford.
Ausentes: Keane (virilha), Rooney (joelho), Shaw (tornozelo), Jones (tornozelo/pé), Valencia (pé)
Em dúvida: Young (virilha)
Em risco de suspensão: Smalling, Depay, Fellaini

Liverpool: Mignolet; Clyne, Lovren, Sakho, Moreno; Henderson, Can, Milner; Coutinho, Sturridge, Firmino.
Ausentes: Gomez (joelho), Ings (joelho), Lucas (coxa)
Em dúvida: ninguém
Em risco de suspensão: Moreno, Lovren

Louis van Gaal, treinador do Manchester United
Temos hipóteses de bater o Liverpool. Temos de acreditar nisso e tudo começa pelos jogadores, é claro, mas também pelos adeptos. Os adeptos influenciam o que se passa em campo. Só falei aos jogadores na vitória e temos de acreditar nela. Devemos um grande resultado aos adeptos.

Louis van Gaal fala à imprensa na quarta-feira
Louis van Gaal fala à imprensa na quarta-feira©Getty Images

Amanhã só temos de pensar em derrotar o Liverpool. Temos de vencer por 2-0 em 90 minutos, não é necessário o 3-0. Temos de fazer o 2-0 e depois temos hipóteses no prolongamento. Esta época já marcámos mais de um golo em três ou quatro minutos, por isso é possível. Não pensamos em sofrer, só em marcar golos. Conseguimos frente ao Midtjylland.

Jürgen Klopp e Jordan Henderson
Jürgen Klopp e Jordan Henderson©AFP/Getty Images

Jürgen Klopp, treinador do Liverpool
Esta é a terceira vez que defronto o Manchester United desde que cheguei aqui e discutimos sempre o resultado. O Mundo não muda da noite para o dia. Tenho a certeza que o Manchester United ainda tem hipóteses, mas sabemos como o defrontar. Não estou preocupado.

Estamos em Old Trafford para viver este excelente ambiente ao máximo. Sempre gostei de respirar o ar do estádio onde vamos jogar no dia seguinte. Gosto de imaginar o que vai acontecer. O ambiente é muito ruidoso quando as pessoas não gostam de nós, mas não consigo perceber os cânticos dos adeptos, o que torna tudo mais fácil. A nossa exibição vai ajudar a moldar o ambiente.

Resumo da primeira mão
Resumo da primeira mão

Guia de forma (todas as competições, mais recente em primeiro)
Liverpool: VVVEVE
Manchester United: EDDVVV

Opinião do repórter: Simon Hart (@UEFAcomSimonH)
Louis van Gaal precisa de repetir o resultado alcançado da primeira vez que orientou o Manchester United frente ao Liverpool, em Dezembro de 2014, quando venceu por 3-0 em Old Trafford. O duelo de domingo com o West Ham United, nos quartos-de-final da Taça de Inglaterra, não foi muito encorajador, embora a equipa tenha mostrado uma boa reacção para empatar e forçar um jogo de desempate.

O Liverpool esteve de folga no fim-de-semana, pelo que vai estar fresco para tentar repetir o jogo de pressão intensa que fez em Anfield. O Manchester United tem na sua história grandes recuperações nas provas europeias, mas os homens de Jürgen Klopp têm de ser considerados como os grandes favoritos.

Jürgen Klopp comemora o triunfo em Anfield
Jürgen Klopp comemora o triunfo em Anfield©Getty Images

Sabia que?
O Manchester United venceu todos os jogos das provas da UEFA em que recebeu equipas inglesas. Já o Liverpool ainda não venceu clubes ingleses fora de casa nas competições europeias.