Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Braga pronto para Sion pressionante

Paulo Fonseca espera um Sion diferente e, apesar da vantagem por 2-1, não dá nada por garantido e como exemplo apresenta o recente derby do Minho na Liga portuguesa.

Duelo entre Nikola Vukčević (Braga) e Moussa Konaté (Sion), no jogo da primeira mão
Duelo entre Nikola Vukčević (Braga) e Moussa Konaté (Sion), no jogo da primeira mão ©AFP/Getty Images
  • Paulo Fonseca explica que os minhotos estão "confiantes, mas desconfiados"
  • Braga ganhou os três jogos caseiros nesta edição da fase de grupos
  • Defesas Djavan e Willy Boli estão de regresso aos convocados do Braga; Nikola Vukčević é baixa no meio-campo devido a castigo

Paulo Fonseca, treinador do Braga
Temos o claro intuito de passar a eliminatória. Depois do resultado na Suíça queremos confirmar aqui a passagem. Mas há que perceber que faltam 90 minutos. A maioria das pessoas já dá como garantida a passagem, eu agradeço o voto de confiança, mas penso de outra forma. O último jogo que tivemos foi um bom exemplo. Aos vinte minutos estávamos a ganhar 2-0 e ninguém diria que acabaria com uma igualdade a três golos. Estamos confiantes, mas desconfiados, e bem preparados para um jogo difícil.

O Sion não tem nada a perder. Penso que vamos ter aqui um rival mais atrevido, porque terá de ser assim se quiser inverter o resultado. Será mais pressionante, mas também com cautelas, pois se abrirem espaço correm o risco de fazermos golos. E isso torna-se mais complicado para eles. Espero um Sion mais atrevido, pressionante, a ter mais iniciativa.

Só penso no jogo de amanhã. Não vale a pena projectar o futuro. Sei é que este jogo vai ser difícil. Gostaria de ir o mais longe possível, claro que sim, mas esta UEFA Europa League é uma mini UEFA Champions League. Se passarmos a eliminatória as coisas vão sendo cada vez mais complicadas, e iremos até onde conseguirmos.

Ricardo Ferreira, defesa do Braga
Conseguimos um resultado vantajoso na primeira mão, mas sabemos que não vamos ter um jogo fácil. A eliminatória não está definida e temos de mostrar em campo que somos superiores. Temos de estar concentrados, o Sion provou no primeiro jogo que é uma equipa perigosa e temos de estar a 100 por cento para seguir em frente.

Didier Tholot, treinador do Sion
O Braga ganhou-nos em casa, está em vantagem, teremos uns 30 por cento de hipóteses de passar, mas vamos dar 100 por cento para isso acontecer. Se não viéssemos a pensar ganhar, nem sequer tínhamos vindo a Braga desgastarmo-nos. Não queremos sair daqui com arrependimentos. Há 90 minutos para jogar e vamos jogá-los. O Braga está muito forte e em forma, mas já aconteceu vencermos equipas assim. Vamos fazer tudo por tudo para vencer o jogo.

Topo