Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Midtjylland surpreende Manchester United

Midtjylland 2-1 Manchester United
A equipa inglesa não confirmou na Dinamarca o amplo favoritismo na eliminatória e está obrigada a vencer em Old Trafford.

Highlights: How Midtjylland stunned Manchester United
  • Jovem nigeriano Paul Onuachu garante uma vitória histórica para o Midtjylland
  • Equipa dinamarquesa elimina os ingleses do Southampton, com um resultado total de 2-1, no "play-off"
  • Pione Sisto realça o seu talento com golo de belo efeito
  • David de Gea fica de fora devido a lesão durante o aquecimento
  • Jogo da segunda mão realiza-se em Old Trafford a 25 de Fevereiro, antecendo o sorteio dos oitavos-de-final, no dia seguinte 

O Manchester United foi esta quinta-feira surpreendemente derrotado pelo Midtjylland, por 2-1, no Arena Herning.   

Estruturada em 3-4-3, a formação de Van Gaal criou a primeira oportunidade do jogo aos oito minutos, quando Memphis Depay, perto da pequena área, viu o defesa Kian Hansen bloquear-lhe um remate cruzado.

Apoiado pelos seus fervorosos adeptos, o campeão da Dinamarca respondeu quatro minutos depois num remate de cabeça do mesmo Hansen, que obrigou o guardião Romero a executar uma defesa apertada, após um canto da direita. 

Van Gaal apresentou um ataque formado por três jogadores rápidos e fortes no um para um - Depay, Antonhy Martial e Jesse Lindgaard - mas, dado que os centrocampistas Juan Mata e Ander Herrera não estiveram bem no capítulo do passe, a formação nórdica não teve problemas de maior para anular a produtividade ofensiva dos ingleses pela zona central.

No entanto, a equipa inglesa já não desiludiu pelos corredores laterais e aos 37 minutos o extremo Lingard desequilibrou pela direita, com uma assistência para Depay finalizar com êxito no coração da grande área. Um golo que surgiu depois de o Manchester United ter lançado dois sérios avisos aos visitados, desta feita pela esquerda, por intermédio de Depay e Martial. 

O Midtjylland, todavia, não acusou a desvantagem e a um minuto do intervalo conseguiu chegar ao empate, num lance de inspiração do jovem Pione Sisto, que soube tirar proveito da falta de agressivade defensiva de Herrera à entrada da grande área. Sisto revelou frieza na hora da finalização, ao invés do seu colega de equipa, Vaclav Kadlec, que oito minutos antes, completamente isolado, atirou à figura de Romero.   

A segunda parte foi muito mais emotiva e realçou as dificuldades do United nas transições defensivas. Lingard atirou ao poste aos 55 minutos, mas o Midtjylland nunca se encolheu perante a reputação do seu adversário e, à passagem do minuto 62, Paul Onuachu atirou de cabeça para golo, só que Romero fez a defesa da noite.

Depois de Sisto e Kadlec terem desferido remates perigosos, Van Gaal decidiu substituir o apagado Herrera por Morgan Schneiderlin, mas a alteração não resultou e, sem surpresa, Onuachu operou a reviravolta com um remate colocado (77') à segunda tentativa.

Com um meio-campo macio e já com Martial e Depay desgastados, o United não revelou depois capacidade para evitar a surpreendente mas merecida vitória dos dinamarqueses. 

Topo