Factos e números da primeira jornada

O UEFA.com analisa os números após o arraque da fase de grupos e destaca a excelente exibição do Nápoles, uma estreia albanesa e um triunfo bem-vindo para o Partizan.

Marek Hamšík, do Nápoles, após marcar ao Club Brugge
Marek Hamšík, do Nápoles, após marcar ao Club Brugge ©Getty Images

• O Nápoles, semifinalista em 2014/15, teve o melhor início das 48 equipas participantes na UEFA Europa League 2015/16, derrotando o Club Brugge por 5-0 em Nápoles.  Foi o décimo triunfo por 5-0 registado na prova, o que fez com que os “partenopei” se tornem na 37ª equipa a marcar cinco ou mais golos num jogo.

• O resultado no Stadio San Paolo foi o mais surpreendente dado o Club Brugge ser a equipa com mais experiência na fase de grupos da UEFA Europa League na presente temporada. A partida em Nápoles foi a 31ª da equipa belga na fase de grupos. Apenas o PSV Eindhoven (36) tem mais disputadas.

• O empate sem golos entre o Lech Poznań e o Belenenses foi o 100º na UEFA Europa League, tendo o 99º ocorrido na noite anterior na partida entre o Qäbälä e o PAOK. Há agora também 100 partidas cujo resultado final foi de 2-1 para a equipa da casa. O desfecho mais comum na competição é o 1-1, tendo já ocorrido por 142 vezes, incluindo os quatro da primeira jornada.

Klaas-Jan Huntelaar celebrates one of his two goals
Klaas-Jan Huntelaar celebrates one of his two goals©AFP/Getty Images

•Os dois golos de Klaas-Jan Huntelaar pelo Schalke no triunfo por 3-0 no APOEL elevou o seu registo na UEFA Europa League para 12, 18 atrás do máximo goleador da competição, Radamel Falcao. Todavia, com os dois golos apontados, o atacante holandês passou a ser o segundo classificado – à frente do colombiano – na lista que combina os melhores marcadores na Taça UEFA e UEFA Europa League (incluindo pré-eliminatórias) de todos os tempos. Huntelaar soma 32, Falcao 31, tendo apenas Henrik Larsson (40) à sua frente.

• Houve resultados distintos, na primeira jornada, entre as oitos equipas recém-chegadas à UEFA Europa League. Apenas o Sion (2-1 ao Rubin Kazan) e o Midtjylland (1-0 ao Legia) se estrearam com uma vitória. Por outro lado, Groningen, Skënderbeu e Augsburgo obtiveram todos uma derrota enquanto Qäbälä, Belenenses e Mónaco registaram empates.

• O Skënderbeu é a primeira equipa albanesa a competir na fase de grupos da UEFA Europa League, aumentado o número de federações envolvidas nesta fase da competição para 37 (num total de 54). Finlândia, Letónia, Cazaquistão e a República da Irlanda registam também apenas uma participação.

• Jorge Jesus, que conduziu o SL Benfica a duas finais consecutivas na UEFA Europa League teve um início pouco auspicioso como treinador do Sporting CP com o recorde de 20 jogos consecutivos em casa sem perder do clube de Lisboa a ser interrompido devido à derrota por 3-1 com o  Lokomotiv Moskva.

Partizan celebrate a record-avoiding win
Partizan celebrate a record-avoiding win©AFP/Getty Images

• Houve outro final feliz para uma sequência, com o campeão sérvio, o Partizan, a terminar uma série de 13 jogos sem vencer na UEFA Europa League ao bater o AZ Alkmaar por 3-2, em Belgrado. O registo negativo é partilhado com o Slovan Bratislava.

• O Molde causou uma das sensações da noite ao vencer o Fenerbahçe por 3-1, em Istambul, e o seu capitão, Daniel Berg Hestad, tornou-se no sétimo jogador a competir na UEFA Europa League com mais de 40 anos. No entanto, com 40 anos e 49 dias fica, ainda assim, curto para o recorde do guarda-redes norte-americano Brad Friedel (42 anos e 173 dias). O jogador mais velho a competir foi o escocês David Weir, com 40 anos e 283 dias.