O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Empate entre Torino e Athletic

Torino FC 2-2 Athletic Club
Iñaki Williams deu vantagem ao Athletic, bis de Maxi López virou o marcador, mas Carlos Gurpegi entrou para empatar.

Empate entre Torino e Athletic
Empate entre Torino e Athletic ©AFP/Getty Images

Iñaki Williams, de 20 anos, marca para o Athletic Club na estreia europeia
• Golo inicial é o primeiro sofrido pelo Torino em casa nas provas europeias desde 1994
• Maxi López vira o resultado com dois golos que dão vantagem aos anfitriões
Carlos Gurpegi salta do banco para restabelecer a igualdade, de cabeça, a 17 minutos do fim
Segunda mão realiza-se na próxima quinta-feira, em Espanha, véspera do sorteio dos oitavos-de-final

Um golo de cabeça de Carlos Gurpegi garantiu ao Athletic Club um precioso empate 2-2 no estádio do Torino FC, depois de Maxi López ter respondido com um bis ao golo inicial de Iñaki Williams.

Os italianos tiveram uma abordagem positiva ao jogo, mas foram os visitantes a abrir o marcador, logo aos nove minutos, num excelente lance de contra-ataque. Borja Viguera abriu espaços na esquerda e, com um cruzamento bem medido, serviu Williams ao segundo poste. Os Granata não perderam a calma e responderam rapidamente, numa jogada em que Cristian Molinaro combinou de forma perfeita com Omar El Kaddouri, antes de o lateral centrar para Maxi López, que bateu Iago Herrerín numa conclusão à boca da baliza basca.

Pouco depois, o Torino esteve perto de chegar à vantagem, por Josef Martínez, mas conseguiu-o mesmo antes do intervalo. O herói voltou a ser o argentino Maxi López, que cabeceou para o sítio certo, após um cruzamento da direita de Matteo Darmian.

No início da segunda parte, Molinaro testou a atenção de Herrerín num remate forte, mas o Athletic recuperou o controlo da partida e foi recompensado a 17 minutos do fim, quando Gurpegi, vindo do banco, aproveitou da melhor maneira um livre marcado na esquerda por Beñat, cabeceando sem hipóteses para o guarda-redes do Torino, Daniele Padelli. Pouco depois, Gurpegi esteve perto de voltar a marcar, novamente de cabeça, mas desta vez acertou na barra. A derrota seria um castigo demasiado pesado para os transalpinos.