Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Factos e números da sexta jornada

O recorde de representantes da Serie A nos 16 avos-de-final e o novo máximo de golos do Salzburgo estão na análise do UEFA.com aos números da Europa League.

O Salzburgo foi recordista esta época com 21 golos marcados na fase de grupos
O Salzburgo foi recordista esta época com 21 golos marcados na fase de grupos ©Getty Images

• A qualificação do Torino FC, na sexta jornada, como segundo classificado no Grupo B significa que os quatro clubes da Série A passaram à fase a eliminar. Como a AS Roma transitou da UEFA Champions League serão cinco as equipas de Itália presentes nos 16 avos-de-final, recorde de um país nesta fase da UEFA Europa League.

• A entrada da Roma leva que o número de representantes de Itália na história da UEFA Europa League, da fase de grupos até à final, passe a ser de 23, outro máximo. Curiosamente, desde que sofreu renovação, nunca houve qualquer vencedor ou finalista italiano na prova.

• O AFC Ajax entra na competição a meio da prova, depois de transitar da UEFA Champions League pela quinta época consecutiva e vai fazer companhia aos compatriotas do PSV Eindhoven como os dois únicos clubes que participaram em todas as seis edições da UEFA Europa League.

• O triunfo do FC Dinamo Moskva no reduto do PSV, por 1-0, permitiu-lhe manter o registo perfeito. Foi a sexta equipa a vencer os seis desafios na fase de grupos da UEFA Europa League, a segunda da Rússia, já que o FC Zenit também conseguiu tal proeza na época de estreia, em 2010/11.

• O FC Salzburg estabeleceu um novo recorde de golos marcados na fase de grupos, pois venceu o Grupo D com 21 golos marcados. O recorde anterior de 18 era partilhado por RSC Anderlecht, Zenit e PFC CSKA Moskva.

• O Salzburgo também igualou a proeza anteriormente conseguida pelo PSV ao terminar invicto a fase de grupos pela terceira vez, para além de ter alcançado os feitos de PSV e Sporting Clube de Portugal ao vencer o grupo na UEFA Europa League pela terceira ocasião.

• O triunfo do Salzburgo sobre o FC Astra Giurgiu, por 5-1, conjugado com a vitória do GNK Dinamo Zagreb, por 4-3, na recepção ao Celtic FC, permitiu estabelecer novo recorde de golos marcados num grupo na mesma jornada, 13, superando em um tento o antigo recorde.

• ŠK Slovan Bratislava e FC Metalist Kharkiv terminaram a fase de grupos sem pontuar. A única equipa a quem anteriormente tinha acontecido o mesmo foi o Shamrock Rovers FC, quando perdeu os seis jogos em 2011/12. Os 20 golos sofridos pelo Slovan também foram novo máximo na fase de grupos; o anterior recorde pertencia ao clube irlandês com 19.

• Outro recorde pouco desejado foi igualado pelo Slovan, na companhia do FK Partizan, já que as duas equipas terminaram a fase de grupos com apenas um golo marcado. Antes disso, houve quatro clubes que fizeram igual na fase de grupos, mas continua sem existir qualquer equipa em branco nos seis jogos na fase de grupos.

• Slovan e Partizan também atingiram 12 jogos consecutivos sem vencer. Os eslovacos sofreram a nona derrota seguida no reduto do SSC Napoli, novo recorde na prova, tendo superado a marca anterior partilhada por PFC CSKA Sofia e SK Rapid Wien.

• O Slovan continua sem conseguir vencer qualquer jogo em duas campanhas na UEFA Europa League, mas na sexta jornada houve três clubes que somaram os primeiros triunfos na prova: FC Dinamo Minsk (2-1 em casa da ACF Fiorentina), Rio Ave FC (2-0 na recepção ao Aalborg BK) e FC Krasnodar (1-0 no reduto do Everton FC).

• Estes resultados levam a que o AS Saint-Étienne, que empatou os primeiros cinco jogos antes de perder no terreno do FC Dnipro Dnipropetrovsk na sexta jornada, tenha sido o único dos 14 estreantes na fase de grupos da UEFA Europa League desta época a ser afastado da prova sem vitórias.

Topo