Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Ajax faz o pleno de troféus europeus

Torino 2-2 Ajax (Ajax vence por golos fora)
A equipa holandesa imitou o feito da Juventus em 1985 e tornou-se na segunda equipa a ganhar as três competições da UEFA.

Ajax faz o pleno de troféus europeus
Ajax faz o pleno de troféus europeus ©UEFA.com

Primeira mão: Torino 2-2 Ajax
O Ajax saiu de Turim, na primeira mão da final da Taça UEFA, com um empate 2-2 frente ao Torino. Na verdade, foi graças aos dois golos marcados pelo internacional brasileiro Walter Casagrande que a equipa da casa conseguiu empatar depois do Ajax ter estado a vencer por duas vezes.

Wim Jonk abriu o marcador para a equipa de Amesterdão aos 14 minutos com um poderoso remate a 30 metros da baliza. Mas aos 62 minutos Casagrande fez o empate numa emenda à boca da baliza., aproveitando o ressalto da defesa do guarda-redes do Ajax, Stanley Menzo após tentativa de Enzo Scifo.

Quinze minutos mais tarde, uma grande penalidade a castigar falta sobre Dennis Bergkamp permitiu a Stefan Petersson recolocar a equipa holandesa na frente, mas Casagrande acabou por voltar a marcar num remate a oito minutos do fim que passou por cima de Menzo, que se encontrava adiantado.

Louis van Gaal lifts the trophy
Louis van Gaal lifts the trophy©Getty Images

Segunda mão: Ajax 0-0 Torino
O Ajax juntou-se à Juventus no livro de recordes como as únicas equipas a terem ganho os três grandes troféus da UEFA depois de um nulo em casa com o Torino, assegurando a Taça UEFA graças aos golos marcados fora.

O por três vezes vencedor da Taça dos Vencedores das Taças e em 1986/87 vencedor da Taça UEFA empatara duas semanas antes 2-2 em Turim, vendo-se sem Dennis Bergkamp na segunda mão devido a um surto de gripe.

Sem surpresa, o Torino – que tinha de marcar para ter alguma oportunidade de ganhar a prova – lançou-se desde o início ao ataque. O atacante Lianluigi Lentini e Casagrande foram ameaças constantes para a defesa do Ajax.

Casagrande e Roberto Mussi acertaram ambos nos postes e Gianluco Sordo atirou a bola à trave, com os visitantes a darem tudo para ganhar o seu primeiro troféu europeu – e, ironicamente, para proteger o recorde único do seu rival na cidade.

Mas o Ajax – tão perto de um feito histórico – manteve a sua determinação e o tempo começou a correr contra o Torino. No final, Louis van Gaal pôde festejar um sucesso sensacional na sua primeira época como treinador do Ajax.

Topo