Futebol em Turim

Com menos de um milhão de habitantes, Turim é uma cidade de futebol e alberga dois clubes históricos, Juventus e Torino: juntos somam 37 títulos da Serie A.

A Juventus festeja a vitória na final da UEFA Champions League 1995/96
A Juventus festeja a vitória na final da UEFA Champions League 1995/96 ©Getty Images

A equipa mais bem-sucedida e, provavelmente, a que mais adeptos tem em Itália, a Juventus, chegou por sete vezes à final da mais importante competição europeia de clubes, mas só por duas vezes ergueu o troféu. Juntamente com AFC Ajax, FC Bayern München e Chelsea FC, os "bianconeri" fazem parte do restrito leque de equipas que contam no seu palmarés com a conquista das três principais competições europeias de clubes da UEFA, tendo vencido a Taça UEFA em três ocasiões e a Taça dos Vencedores das Taças em 1984.

Com 30 títulos de campeã italiana e nove Taças de Itália conquistadas desde que foi fundada, em 1897, por um grupo de estudantes da Escola Massimo D'Azeglio, a Juventus foi a força dominante do futebol italiano em vários períodos desde 1930, época em que o 'Quinquennio d'oro' - ou Quinteto de Outo - ajudou o clube a vencer cinco "scudettos" consecutivos. Os troféus também abundaram na década de 1950, numa equipa em que pontificava Giampiero Boniperti, melhor marcador da história da Juve até 2006, ano em que foi ultrapassado pelo lendário Alessandro Del Piero.

Contudo, a "vecchia signora" teve de esperar até 1977 pelo seu primeiro troféu europeu, quando, com uma equipa composta apenas por jogadores italianos, bateu o Athletic Club na final da Taça UEFA. Para erguer a sua primeira Taça dos Campeões Europeus, porém, a Juve já necessitou de uma certa ajuda francesa, com o actual Presidente da UEFA, Michel Platini, a levar a equipa à vitória em 1985, numa era em que o clube conquistou também, entre outros troféus, a Taça dos Vencedores das Taças, a Taça Intercontinental e a SuperTaça Europeia.

Os "bianconeri" voltaram a sagrar-se campeões europeus em 1996, ao baterem o Ajax em Roma, no desempate por penalties, e chegaram a mais três finais sob o comando técnico de Marcello Lippi, perdendo todas elas. Após um período conturbado, regressaram ao topo do futebol italiano sob as ordens de Antonio Conte, antigo médio do clube, e jogam agora em casa numa fantástica nova arena, o Juventus Stadium, edificado no local onde se encontrava o antigo Stadio Delle Alpi. "Este clube foi sempre um quadro maravilhoso; agora tem também a maravilhosa moldura que merece", afirmou Del Piero aquando da inauguração do recinto, em 2011.

Mas a Juventus não é o único clube grande de Turim. Fundado em 1906, por um grupo de dissidentes da turma "bianconera", o Torino FC conta no seu palmarés com sete "scudettos" e cinco Taças de Itália. Poderiam ser ainda mais, não fosse a tragédia de Superga, ocorrida a 4 de Maio de 1949, quando toda a equipa, conhecida na altura como 'Grande Torino', morreu num desastre de aviação.

Essa mítica equipa do Torino, da qual fazia parte um dos melhores jogadores da história do futebol italiano, Valentino Mazzola, havia conquistado cinco títulos de campeã italiana entre 1942 e 1949. O Torino esteve perto de voltar a vencer a Serie A em 1976, batido numa luta até ao fim pelo seu eterno rival citadino, e atingiu a final da Taça UEFA em 1992, da qual saiu derrotado pelo Ajax devido aos golos fora.