O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Trio do Porto satisfeito, Britos acredita

Danilo, Fernando e Jackson Martínez ficaram satisfeitos com o triunfo do Porto por 1-0, enquanto Miguel Britos acredita que o Nápoles vai "dar a volta" à eliminatória.

Porto festeja o golo apontado na segunda parte
Porto festeja o golo apontado na segunda parte ©AFP/Getty Images

Danilo, Fernando e Jackson Martínez, este último autor do golo que decidiu a primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Europa League, ficaram satisfeitos com o triunfo do FC Porto sobre o SSC Napoli, por 1-0, enquanto o defesa uruguaio Miguel Britos acredita que a formação napolitana vai "dar a volta" à eliminatória.

Danilo, defesa do FC Porto
Este resultado é uma boa vantagem. Foi um jogo muito difícil, perante uma equipa muito forte. Os nossos jogadores mostraram que estão focados e que sabem plenamente o que querem. Podíamos ter marcado mais um ou dois golos, mas não deixa de ser um resultado positivo.

Apesar de termos vencido, sabemos que não está nada decidido. Temos uma boa vantagem, mas agora é preciso jogar mais 90 minutos. Temos que nos preparar ao máximo para entrar lá e dar 110 por cento para poder vencer o jogo.

Fernando, médio do FC Porto
É um resultado positivo, até porque conseguimos um dos nossos objetivos, que era ganhar sem sofrer golos. Eles tiveram oportunidades para marcar, mas nós também podíamos ter feito mais golos.

Estamos cientes que o jogo da segunda mão será muito complicado, uma vez que o Nápoles é muito forte quando actua no seu estádio, mas confiamos nas nossas capacidades e vamos dar tudo para seguir em frente na prova. Eles têm uma equipa muito boa, mas acredito que nos vamos conseguir apurar.

Jackson Martínez, avançado do FC Porto
O meu golo foi importante, mas há que destacar a força da equipa e a dedicação que colocámos em campo para cumprir a estratégia do nosso treinador. Fomos muito fortes. Podíamos ter feito outro golo, mas eles também podiam ter marcado.

Jogámos com a intensidade que queríamos e a que o FC Porto está habituado. Fizemos um grande esforço e um grande jogo. O Nápoles dificultou muito a nossa tarefa nos instantes finais da primeira parte e teve mais bola na segunda. Estamos felizes por este triunfo.

Britos, defesa do Nápoles
Não jogámos como queríamos, especialmente na primeira parte do encontro, onde sentimos dificuldades. Melhorámos após o intervalo e podíamos mesmo ter marcado antes de sofrermos o golo. É óbvio que não ficámos satisfeitos com este resultado, mas o FC Porto é uma equipa habituada a jogar na UEFA Champions League e tem muita qualidade.

Acredito que podemos dar a volta à eliminatória no nosso estádio. Temos qualidade suficiente para o fazer e o apoio dos nossos adeptos também será importante para alcançar esse objectivo. Está tudo em aberto, mas confio plenamente no nosso apuramento para a próxima eliminatória.