Tottenham espera pelo Benfica com confiança

Mousa Dembélé está muito satisfeito por o Tottenham ir encontrar o Benfica nos oitavos-de-final, explicando que, depois de afastar o Dnipro, os 'spurs' "não têm de ter medo".

A festa do Tottenham depois de consumado o apuramento
A festa do Tottenham depois de consumado o apuramento ©AFP/Getty Images

Os jogadores do Tottenham Hotspur FC, Mousa Dembélé e Michael Dawson, falaram do entusiasmo que sentem por encontrarem o SL Benfica nos oitavos-de-final da UEFA Europa League, depois do triunfo por um dramático 3-1, numa partida em que começaram a perder com o FC Dnipro Dnipropetrovsk e que valeu a vitória por 3-2 no total da eliminatória.

A perder depois de um cabeceamento de Roman Zozulya, que os obrigava a marcar três vezes para seguir em frente, o facto é que um livre de Christian Eriksen e dois golos de rajada de Emmanuel Adebayor deram um triunfo que poucos esperavam à equipa de Tim Sherwood. Caso os "spurs" evidenciem a mesma determinação e vocação ofensiva, Dembélé acredita que a sua equipa "não tem de ter medo" do Benfica.

Mousa Dembélé, médio do Tottenham
Claro que queremos ganhar troféus e se o pudermos fazer não iremos enjeitar essa oportunidade. Na primeira parte estivemos bem. Não começámos bem a segunda parte e depois penso que acordámos e jogámos melhor. Como equipa, temos agora mais confiança, estamos a actuar bem melhor e todos estão contentes.

O Benfica vai ser a melhor equipa que vamos encontrar na Europa League, mas nós temos um bom conjunto também e se jogarmos como fizemos no final aqui, não temos de ter medo. Temos muito respeito por eles, mas penso que eles também nos vão respeitar. Prefiro jogar fora primeiro, mas isso não é nenhuma desculpa. Temos que fazer um grande jogo em casa para facilitar as coisas para a segunda mão. 

Michael Dawson, defesa do Tottenham
O Ade mereceu sem dúvida os dois golos que marcou esta noite - ele está em grande forma. Com o Benfica vai ser uma grande eliminatória, um grande jogo, daqueles que queremos muito jogar. Levamos esta prova a sério desde o primeiro dia e já fizemos muitos jogos para estar aqui. Estamos entusiasmados por receber aqui o Benfica – espero que com mais uma casa cheia, em mais uma grande noite, onde venhamos também a ganhar.