Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Valência elimina Dínamo em jogo sem golos

Valencia CF 0-0 FC Dynamo Kyiv (total: 2-0)
Miguel Veloso ainda acertou na barra, mas o nulo premiou a equipa de João Pereira e Ricardo Costa.

Valência elimina Dínamo em jogo sem golos
Valência elimina Dínamo em jogo sem golos ©UEFA.com

Valencia CF e FC Dynamo Kyiv não foram além de um nulo na segunda mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, resultado que valeu à equipa espanhola seguir em frente na competição, depois de ter vencido o primeiro jogo por 2-0, cabendo-lhe defrontar na próxima ronda o PFC Ludogorets Razgad.

Num jogo com três portugueses em campo, a luta sobrepôs-se à qualidade com as defesas a pontificarem, tornando raras as ocasiões de golos em ambas as balizas. Com João Pereira muito activo nas transições ofensivas e assertivo a defender, coube a Miguel Veloso (11') o primeiro lance de perigo fazendo, de livre directo, a bola passar sobre o travessão da equipa "che".

Com o Dínamo mais adiantado em busca de um golo, o Valência procurou jogar no contra-ataque, mas demorou a entender-se e só após Daniel Parejo (19') combinar com Federico Cartabia o golo esteve iminente.

Perante a dificuldade em penetrar nas áreas constrárias, o recurso foi o pontapé de longe, com Lukman Haruna (32') e Cartabia (34') a tentarem dessa forma fazer funcionar o marcador. O médio da equipa da casa voltou a testar Olexandr Rybka em cima do intervalo, mas sem alterar o nulo.

Com o Dínamo a parecer adormecido, foi o Valência a estar perto do golo em duas ocasiões, primeiro numa cabeçada de Pablo Alcácer (55') e depois num remate de Eduardo Vargas (58'), ambos falhando o objectivo. Alcácer (64') voltou a criar perigo ao desviar um remate de Pereira, com a bola a sair sobre o travessão com Rybka batido.

Ricardo Costa, lesionado, deu lugar a Philippe Senderos , enquanto no lado oposto Oleg Blokhin fez entrar o trio ofensivo composto por Roman Bezus, Dieumerci Mbokani e Oleh Gusev, anunciando o tudo por tudo a vinte minutos do fim, mas nem Veloso - acertou na barra aos 70 minutos - nem Yevhen Khacheridi (76'), de cabeça ao lado, marcaram.

Topo