Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Fiorentina dá a volta ao Esbjerg

Esbjerg fB 1-3 ACF Fiorentina
Alessandro Matri, Josip Iličić e Alberto Aquilani marcaram na primeira parte e permitiram aos "viola" quebrarem o gelo na fria Dinamarca.

Borja Valero, da Fiorentina, em disputa com Jonas Knudsen, do Esbjerg
Borja Valero, da Fiorentina, em disputa com Jonas Knudsen, do Esbjerg ©AFP/Getty Images

A ACF Fiorentina deu um passo importante em direcção aos oitavos-de-final da UEFA Europa League, com uma vitória por 3-1 frente ao Esbjerg fB, na Dinamarca, colocando-a bem encaminhada para o jogo da segunda mão.

Frio e chuva receberam os "viola" em Esbjerg, mas se os donos da casa pensaram que as condições atmosféricas podiam favorecê-los, depressa descobriram que não seria assim, já que golos de Alessandro Matri, Josip Iličić e Alberto Aquilani sublimaram uma primeira parte em grande estilo dos visitantes. O Esbjerg chegou a conseguir a igualdade por um breve período, através de Martin Pušić, e teve ainda outras oportunidades, mas o rigor táctico da Fiorentina manteve os anfitriões à distância na segunda parte.

O primeiro tempo começou de forma explosiva: Pušić obrigou Neto a uma defesa no início, mas Matri foi mais eficaz do outro lado, ao controlar um passe perfeito que lhe permitiu disparar para o poste mais distante, aos nove minutos. O Esbjerg não teve de esperar muito tempo pelo empate, com o cruzamento de Jakob Ankersen a levar a bola na direcção certa de Pušić, para o avançado austríaco não perdoar desta vez.

O marcador voltaria a funcionar pouco depois. Davidson Drobo-Ampem aliviou mal e permitiu que a bola fosse parar aos pés de Iličić, com o avançado esloveno a bater o esférico para lá da oposição do guardião Martin Dúbravka, aos 15 minutos. A qualidade do jogo manteve-se em alta e, desta vez, foi o Esbjerg a montar cerco à baliza dos italianos, com Jonas Knudsen e Ankersen a rematarem com muito perigo. Mas no momento em que nova igualdade parecia iminente, Drobo-Ampem derrubou Ryder Matos na área, após contra-ataque da Fiorentina, e Aquilani bateu da marca de grande penalidade, levando a bola ao ângulo superior.

Claramente satisfeita com o resultado, a Fiorentina adoptou uma atitude mais defensiva no segundo tempo. O suplente Mario Gomez dispôs de uma oportunidade travada por Dúbravka, enquanto do outro lado Neto teve uma brilhante intervenção a negar a Knudsen um remate de longa distância. Jesper Rasmussen voltou a estar perto do golo mais tarde, mas a Fiorentina segurou o jogo e deixou o Esbjerg com um enorme obstáculo para ultrapassar.

Topo