Quinta jornada da Europa League em números

Ola Toivonen bateu o recorde de jogos numa noite em que Olcan Adın chegou ao topo dos goleadores e em que mais dez equipas selaram o apuramento: o UEFA.com conta-lhe tudo.

Ola Toivonen (à esquerda), avançado do PSV, tornou-se desde quinta-feira no jogador com mais jogos disputados na história da UEFA Europa League
Ola Toivonen (à esquerda), avançado do PSV, tornou-se desde quinta-feira no jogador com mais jogos disputados na história da UEFA Europa League ©AFP/Getty Images

• Dez equipas garantiram a qualificação para os 16 avos-de-final nesta quinta jornada, elevando para 18 o total de equipas já apuradas. Com 17 clubes agora já irremediavelmente afastados da corrida, há ainda seis lugares em aberto, disputados por 13 equipas, sendo que o Grupo D é o único no qual todas se podem, ainda qualificar. Ainda não é conhecido nenhum dos oito clubes que serão transferidos da UEFA Champions League para a UEFA Europa League.

• As 18 formações já apuradas são oriundas de 14 diferentes federações. Apenas três países têm já garantida múltipla representação nos 16 avos-de-final: Espanha – com todas as suas três equipas - Itália e Rússia - com duas cada. Áustria, Bélgica, Bulgária, Dinamarca, Inglaterra, França, Alemanha, Grécia, Holanda, Turquia e Ucrânia têm, por seu lado, todas elas já um representante garantido.

• Este número de países representados irá, inevitavelmente, subir para pelo menos 15, com Chipre ou Israel a juntarem-se com uma equipa. O maior número possível de países com representação nos 16 avos-de-final é de 19, com a hipótese de para essa fase da prova seguirem formações da República Checa, Eslovénia e, via UEFA Champions League, Portugal e Suíça.

• Seis dos 12 grupos têm já confirmado o seu vencedor: Valencia CF (Grupo A), PFC Ludogorets Razgrad (B), FC Rubin Kazan (D), Eintracht Frankfurt (F), KRC Genk (G) e Tottenham Hotspur FC (H). Três desses clubes já no passado terminaram à frente dos respectivos grupos em anteriores edições da prova: Valência (2009/10), Rubin e Genk (ambos em 2012/13). Ludogorets e Eintracht vencem os respectivos agrupamentos logo nesta que é a sua primeira participação.

• O Tottenham é uma das duas equipas que mantém um registo 100 porcento vitorioso nesta fase de grupos. A outra é o FC Salzburg, que no Grupo C venceu também todos os cinco jogos já disputados, mantendo assim viva a hipótese de se tornar na primeira equipa a somar por duas vezes o registo máximo de 18 pontos em fases de grupos da UEFA Europa League, depois de o ter feito na edição inaugural, em 2009/10. Os outros únicos clubes que, até à data, conseguiram vencer os seis jogos dos respectivos grupos foram o FC Zenit (2010/11) e o RSC Anderlecht (2011/12).

• O Legia Warszawa sofreu a quinta derrota em cinco jogos no Grupo J e segue não só sem qualquer ponto somado como também sem qualquer golo marcado. Apenas o Shamrock Rovers FC, em 2011/12, perdeu todos os seis jogos de uma fase de grupos da UEFA Europa League e nunca nenhuma equipa terminou qualquer fase de grupos sem marcar qualquer golo. O pior registo é de apenas um golo, fixado por PFC Levski Sofia (2009/10) e Salzburgo (2010/11).

• Légia, FC Sheriff e R. Standard de Liège somaram, todos eles, o seu nono jogo consecutivo sem vencer na UEFA Europa League, igualando desta forma o pior registo da história da competição, detido por outras três equipas: Salzburgo, FC Steaua Bucureşti e PFC CSKA Sofia.

• A vitória caseira por 4-2 do Trabzonspor AŞ sobre o Apollon Limassol FC tornou a formação turca no melhor ataque da presente edição da prova, com 13 golos marcados, mais um do que Salzburgo e Rubin. O Trabzonspor necessitará, contudo, de continuar a evidenciar uma forte veia goleadora na sexta jornada se quiser bater o recorde de golos marcados por uma equipa numa fase de grupos (18), fixado por Zenit, PFC CSKA Moskva e Anderlecht.

• A guiar o Trabzonspor ao sucesso nesse triunfo sobre o Apollon esteve Olcan Adın, com um "hat-trick", o 23º da história da competição. Os três golos permitiram ao jogador turco igualar Jermain Defoe, do Tottenham, no topo da lista de melhores marcadores da edição de 2013/14 da UEFA Europa League, com cinco remates certeiros.

• O pior registo defensivo desta fase de grupos pertence ao FC St Gallen, que sofreu já 13 golos no Grupo A. A formação helvética terá, contudo, de estar definitivamente num dia não na derradeira jornada, em casa, frente ao Swansea City AFC, para igualar o recorde negativo de 19 golos sofridos pelo Shamrock Rovers em 2011/12.

• O PAOK FC elevou para nove a sua série de jogos sem perder fora de portas na competição (mais três do que qualquer outra equipa) ao triunfar por 2-0 no terreno do FC Shakhter Karagandy. A formação do Cazaquistão é uma das sete estreantes na prova ainda à procura da primeira vitória na competição. As outras são Estoril Praia, HNK Rijeka, CS Pandurii Târgu Jiu, Tromsø IL, IF Elfsborg e FC Paços de Ferreira.

• Dois clubes estreantes - FC Kuban Krasnodar e SC Freiburg – conseguiram, porém, vencer pela primeira vez nesta quinta jornada, enquanto Swansea City, FC Slovan Liberec e Real Betis Balompié sofreram, pelo contrário, a sua primeira derrota da época na prova.

• O avançado sueco Ola Toivonen, do PSV Eindhoven, disputou o seu 35º encontro na UEFA Europa League na derrota por 2-0 em casa do Ludogorets, ultrapassando assim Eduardo Salvio na lista de jogadores com mais partidas disputadas na história da competição. O internacional israelita Bebras Natcho, do Rubin, é terceiro nesta lista, com menos dois jogos do que Toivonen.

Topo