Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Quarta jornada da Europa League em números

Jermain Defoe fixou novo máximo de golos no Tottenham e oito clubes garantiram a passagem com dois jogos por disputar: o UEFA.com descobre factos interessantes da quarta ronda.

Jermain Defoe aponta o seu 23º golo nas competições europeias pelo Tottenham
Jermain Defoe aponta o seu 23º golo nas competições europeias pelo Tottenham ©Getty Images

O UEFA.com apresenta 13 interessantes factos da quarta jornada da fase de grupos da UEFA Europa League.

• Oito equipas carimbaram nesta quarta jornada o seu lugar nos 16-avos-de-final, todas elas oriundas de diferentes países: Áustria (FC Salzburg), Bulgária (PFC Ludogorets Razgrad), Dinamarca (Esbjerg fB), Inglaterra (Tottenham Hotspur FC), Itália (ACF Fiorentina), Rússia (FC Rubin Kazan), Espanha (Valencia CF) e Ucrânia (FC Dnipro Dnipropetrovsk).

• Três das formações qualificadas – Fiorentina, Salzburgo e Tottenham – seguem com registos 100 por cento vitoriosos na prova, com quatro triunfos em quatro jogos. Apenas três clubes conseguiram, até hoje, terminar a fase de grupos só com vitórias. O primeiro foi precisamente o Salzburgo, na edição inaugural da competição, em 2009/10. O seu feito foi, depois, igualado por FC Zenit (2010/11) e RSC Anderlecht (2011/12).

• Apenas uma das 48 equipas presentes na fase de grupos permanece sem qualquer ponto somado ao fim de quatro jogos: o Legia Warszawa (vencedor da "dobradinha" na Áustria em 2012/13), no Grupo J. Apenas uma equipa até à data concluiu os seis jogos da fase de grupos com seis derrotas: foi o Shamrock Rovers, da República da Irlanda, em 2011/12.

• A qualificação do Rubin no Grupo D significa que a formação russa vai estar nos 16 avos-de-final pela quinta vez em cinco edições da UEFA Europa League. Tratar-se-á de um registo sem igual, a menos que o AFC Ajax termine no terceiro lugar do seu grupo na UEFA Champions League.

• O PSV Eindhoven ultrapassou o Club Atlético de Madrid no "ranking" de todos os tempos da UEFA Europa League, com um registo de 55 pontos, graças ao triunfo caseiro por 2-0 sobre o GNK Dinamo Zagreb. Foi a 22ª vitória da turma holandesa na prova, menos uma do que as obtidas até hoje na competição pelo Atlético, que detém o recorde, com 23 triunfos.

• Ola Toivonen, do PSV, juntou-se a Eduardo Salvio no topo da lista de jogadores com mais encontros disputados na UEFA Europa League, ao participar no seu 34º jogo na prova, na vitória sobre o Dinamo Zagreb. O internacional sueco assinalou o feito com a obtenção do segundo golo da partida.

• O penalty convertido com êxito por Jermain Defoe na vitória caseira do Tottenham sobre o FC Sheriff permitiu-lhe chegar aos cinco golos na UEFA Europa League esta temporada, liderando assim a lista de melhores marcadores da prova em 2013/14. Foi o seu 23º golo nas competições europeias de clubes, ultrapassando desta forma Martin Chivers como melhor marcador de sempre dos "spurs" na Europa.

• O PAOK FC aumentou para oito a sua série de jogos sem perder fora de portas na competição, ao somar um empate sem golos no terreno do Maccabi Haifa FC. A sua última derrota fora teve lugar no terreno do Villarreal CF, por 1-0, a 21 de Outubro de 2010. Desde então somou três vitórias e cinco empates.

• Brad Friedel, guarda-redes norte-americano do Tottenham, tornou-se no jogador mais velho a actuar na UEFA Europa League ao alinhar frente ao Sheriff em White Hart Lane. Ultrapassou outro guardião, Sander Boschker, do FC Twente, ao entrar em campo com 42 anos e 173 dias de idade, mais 140 dias do que Boschker.

• O SK Rapid Wien, que perdeu mais jogos na UEFA Europa League do que qualquer outra equipa (14), somou mais um recorde pouco abonatório nesta quarta jornada: o empate caseiro, 2-2, frente ao KRC Genk torna a formação austríaca na que mais golos sofreu na competição (46), ultrapassando os 45 do Athletic Club, finalista vencido em 2011/12.

• Outro novo recorde negativo foi fixado no empate caseiro do FC Kuban Krasnodar, 1-1, com o Swansea City AFC, no qual o defesa Xandão, da formação russa, se tornou no jogador a ver o cartão amarelo mais rápido da história da UEFA Europa League, ao ser admoestado por uma falta cometida aos 28 segundos de jogo. O central brasileiro acabaria por ver, mais tarde, um segundo cartão amarelo no encontro e o consequente vermelho.

• A quarta jornada trouxe a primeira vitória na UEFA Europa League aos estreantes APOEL FC e SV Zulte Waregem. Dos 24 clubes que se estrearam na competição em 2013/14, nove continuam ainda à procura do primeiro triunfo: Kuban, IF Elfsborg, CS Pandurii Târgu Jiu, FC Paços de Ferreira, SC Freiburg, Estoril Praia, HNK Rijeka, Tromsø IL e FC Shakhter Karagandy.

• Elfsborg, Pandurii, Paços Ferreira e Tromsø estão mesmo entre as sete equipas já sem hipóteses de chegar aos 16 avos-de-final. As outras três são Dinamo Zagreb, R. Standard de Liège e Legia.

Topo