Kuban substitui Munteanu por Goncharenko

O Kuban rescindiu contrato com Dorinel Munteanu após apenas dois meses e meio no cargo e preencheu a vaga com o treinador do BATE, Viktor Goncharenko.

Kuban substitui Munteanu por Goncharenko
Kuban substitui Munteanu por Goncharenko ©Getty Images

O FC Kuban Krasnodar rescindiu contrato com o treinador Dorinel Munteanu, após apenas dois meses e meio no cargo, substituindo o romeno pelo técnico do FC BATE Borisov, Viktor Goncharenko.

Munteanu, o mais internacional de sempre pela Roménia, foi nomeado a 31 de Julho e liderou o clube russo em duas pré-eliminatórias, valendo ao Kuban a sua estreia na fase de grupos da UEFA Europa League. No entanto, o treinador de 45 anos pagou o preço pelas duas derrotas da equipa no Grupo A, às quais se juntou uma série de seis jogos na Premier-Liga com apenas um triunfo. É substituído por Goncharenko, de 36 anos, que deixa o BATE Borisov ao cabo de seis anos para assinar até Maio de 2017.

"Munteanu esteve bem. Deu o seu melhor, mas tudo depende dos resultados. Fomos forçados a pensar em mudanças", disse o director-desportivo do Kuban, Sergei Doronchenko. Munteanu tinha-se mudado para a Rússia em 2012, para orientar o FC Mordovia Saransk, depois de ter passado por CFR 1907 Cluj e FC Steaua Bucureşti, entre outros, na Roménia. Substituiu Igor Osinkin, treinador-interino do Kuban, após a saída de Leonid Kuchuk do emblema de Krasnodar, em Junho.

Goncharenko chega à Rússia após conquistar cinco títulos da Premier League bielorrussa ao serviço do BATE, que também conduziu à fase de grupos da UEFA Champions League em três ocasiões. "Seis anos à frente da mesma equipa – é um longo período. Agora é altura de seguirmos caminhos separados", disse o homem que se estreou como treinador na UEFA Champions League com 31 anos. "Faz parte da profissão de treinador. Não se pode estar no mesmo sítio durante muito tempo. Deve-se procurar formas para continuar a evoluir. Sentia-me confortável em Borisov, mas precisava de um novo desafio."