Rubin e Standard vencem, Rosenborg derrotado

Rubin Kazan, Estrela Vermelha e Standard de Liège foram alguns dos clubes vitoriosos na primeira mão da segunda pré-eliminatória da Europa League, enquanto o Rosenborg perdeu em casa.

Os jogadores do Dila Gori comemoram um dos três golos que marcaram no triunfo na recepção ao Aalborg
Os jogadores do Dila Gori comemoram um dos três golos que marcaram no triunfo na recepção ao Aalborg ©Tamuna Kulumbegashvili

FC Rubin Kazan, FK Crvena zvezda e R. Standard de Liège foram alguns dos clubes vitoriosos na primeira mão da segunda pré-eliminatória da UEFA Europa League, enquanto o Debreceni VSC deixou escapara o triunfo nos minutos finais e o Rosenborg BK não evitou uma derrota em casa.

O Rubin começou da melhor forma a campanha europeia, com Aleksandr Prudnikov e Bebras Natcho a construírem uma vantagem de dois golos nos primeiros 21 minutos do encontro com o FK Jagodina. No entanto, Dario Damjanović e Milos Lepovic responderam pela equipa da casa, que mantém algumas esperanças para a segunda mão, isto apesar de o golo marcado por José Rondón aos 87 minutos ter valido o triunfo dos russos.

O Estrela Vermelha bateu o ÍBV Vestmannaeyjar com golos de Nejc Pečnik e Nikola Mijailović, enquanto o Standard Liège, agora sob o comando de Guy Luzon, conseguiu vencer o KR Reykjavík por 3-1 depois de ter estado em desvantagem no marcador.

A maior surpresa dos jogos de primeira mão foi protagonizada pelo Rosenborg, já que o clube que foi 22 vezes campeão da Noruega não evitou a derrota na recepção ao Saint Johnstone FC. Os escoceses, que na época passada foram eliminados nesta ronda pelos turcos do Eskişehirspor, regressam a casa com uma vantagem de 1-0 graças a um golo de Frazer Wright aos 18 minutos. Os luxemburgueses do FC Differdange 03 também viveram uma noite memorável pois conseguiram a reviravolta frente ao FC Utrecht para vencer por 2-1 com dois golos de Omar Er Rafik.

Um bis de Ibrahim Sidibe permitiu ao Debrecen, que marcou presença na fase de grupos da UEFA Champions League de 2009/10 da UEFA, conseguir um vantagem tangencial de 2-1 no reduto do Strømsgodset IF, mas os noruegueses chegaram ao empate em tempo de compensação graças a Péter Kovács. Os checos do AC Sparta Praha também não conseguiram melhor do que um empate a dois golos na recepção aos suecos do BK Häcken, isto apesar de terem disposto de uma vantagem de dois golos.

Os croatas do HNK Rijeka conseguiram a goleada da noite ao marcarem cinco golos sem resposta ao Prestatyn Town FC, num jogo em que Leon Benko marcou três golos de cabeça. O WKS Śląsk Wrocław também conseguiu um triunfo folgado na Polónia ao golear o FK Rudar Pljevlja por 4-0. Os romenos do FC Petrolul Ploieşti assinalaram o primeiro desafio europeu em 18 anos com um triunfo por 3-0, em casa, frente ao Víkingur das Ilhas Faroé.

O Hapoel Tel-Aviv FC conseguiu o maior triunfo fora de casa ao bater na Bulgária o PFC Beroe Stara Zagora por 4-1, com Omer Damari a ser a grande figura do jogo com dois golos. O FC Dila Gori impôs-se por 3-0 na recepção ao Aalborg BK e também dispõe de três golos de vantagem para a segunda mão.

O jogo na Eslovénia entre o NK Olimpija Ljubljana e o MŠK Žilina foi bastante agitado, os anfitriões venceram por 3-1, mas ambas as equipa terminaram o jogo reduzidas a dez jogadores. O FC Irtysh Pavlodar bateu o NK Široki Brijeg num emotivo encontro com cinco golos, enquanto NK Lokomotiva Zagreb e KKS Lech Poznań somaram triunfos fora de casa.

A lista completa de resultados pode ser consultada aqui.