O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Benfica autoritário opera reviravolta

SL Benfica 3-1 Fenerbahçe SK (total: 3-2)
O conjunto "encarnado" deu a volta à eliminatória, com golos de Gaitán e Cardozo (dois), apurando-se para a final.

Óscar Cardozo comemora após marcar o primeiro do Benfica
Óscar Cardozo comemora após marcar o primeiro do Benfica ©Getty Images

O SL Benfica venceu o Fenerbahçe SK por 3-1 na segunda mão das meias-finais da UEFA Europa League, resultado que lhe dá o apuramento para a final da competição.

A precisar de marcar um golo para empatar a eliminatória, os comandados de Jorge Jesus entraram a todo o gás, com a formação turca a tentar pausar mais o jogo, explorando o contra-ataque. Aos sete minutos, Lima acorreu a um cruzamento de Óscar Cardozo e falhou a emenda por pouco, com a defesa turca a aliviar o perigo, mas no minuto seguinte o Benfica chegou mesmo ao golo. Lima progrediu pelo lado direito, após passe de Salvio, efectuou o cruzamento e Nico Gaitán, com um toque de classe, colocou a bola ao poste mais distante, tendo assinado um golo de belo efeito.

Apesar do 1-0, a formação portuguesa não abrandou e procurou aumentar a vantagem, colocando-se assim na frente da eliminatória. O Fenerbahçe sentiu muitas dificuldades para travar o futebol ofensivo dos "encarnados" nos minutos iniciais, mas quando chegou à área contrária conseguiu ganhar uma grande penalidade, após mão na bola de Garay, aos 22 minutos. Chamado a converter o castigo máximo, Dirk Kuyt fez o 1-1, colocando a sua equipa em vantagem na eliminatória.

Galvanizado pelo golo, o Fenerbahçe soltou-se e, aos 27 minutos, Moussa Sow testou a atenção de Artur. À passagem da meia-hora, Sow voltou a criar perigo, depois de se ter isolado pelo lado esquerdo. Ainda assim, o avançado falhou o alvo. No minuto seguinte, o Benfica respondeu, com Cardozo a disparar de primeira, ao segundo poste, mas o esférico acabou por sair ligeiramente por cima.

Ainda assim, o paraguaio não falhou aos 34 minutos. O avançado trabalhou muito bem à entrada da área, puxou a bola para o pé esquerdo e colocou em jeito, sem hipóteses de defesa para Volkan Demirel. Aos 39 minutos, o Fenerbahçe poderia ter chegado novamente ao empate, mas Kuyt falhou a emenda.

No segundo tempo, em busca de mais um golo, o Benfica criou perigo logo aos 49 minutos, após remate de Cardozo, que passou perto do poste da baliza turca. A formação da Istambul ia defendendo cada vez mais, mas não conseguiu travar Cardozo, aos 66 minutos, com o paraguaio a aproveitar um primeiro remate de Luisão para encostar para o fundo das redes.

Em desvantagem na eliminatória, os turcos tentaram marcar novamente, mas o conjunto "encarnado" segurou a vantagem até ao fim, resultado que lhe permite chegar à final da UEFA Europa League, marcada para o dia 15 deste mês, em Amesterdão.