Newcastle pressionado na recepção ao Benfica

O Newcastle vai precisar de revelar outro acerto na finalização se quiser eliminar o Benfica, após a derrota por 3-1 na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Europa League.

O treinador do Newcastle, Alan Pardew, viu a sua equipa perder em Lisboa
O treinador do Newcastle, Alan Pardew, viu a sua equipa perder em Lisboa ©AFP/Getty Images

O Newcastle United FC espera que o público de St James' Park possa ajudar a inverter a derrota de 3-1 sofrida na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Europa League frente ao SL Benfica.

• No primeiro encontro europeu entre as duas equipas, os visitantes adiantaram-se cedo no marcador, por intermédio de Papiss Cissé. No entanto, Rodrigo rapidamente fez o empate para os anfitriões e dois golos na segunda parte, no espaço de seis minutos - do suplente Lima e de Óscar Cardozo, de grande penalidade - acabaram por conferir vantagem confortável à equipa de Jorge Jesus.

Encontros anteriores
• Os seis jogos do Newcastle frente a equipas portuguesas terminaram com 1V 3E 2D (1V 2E 0D em casa). Da última vez que esteve nos quartos-de-final da competição, em 2004/05, o Newcastle acabou eliminado pelo Sporting Clube de Portugal, rival lisboeta do Benfica, em cujos embates participou Carlos Martins, actual jogador dos "encarnados".

• Para além disso, os "magpies" disputaram seis jogos contra clubes portugueses na Taça das Cidades com Feira, prova não pertencente à UEFA que antecedeu a Taça UEFA e a UEFA Europa League, sendo o seu registo de 3V 2E 1D (3V 0E 0D em casa - 0V 2E 1D em Portugal). A formação inglesa levou de vencida o Vitória FC nos quartos-de-final da edição de 1968/69, que viria a conquistar.

• Os 30 jogos anteriores do Benfica frente a equipas de Inglaterra resultaram em 10V 4E 16D (7V 3E 5D em casa - 3V 1E 11D em Inglaterra). As "águias" não ganharam os últimos três jogos em Inglaterra e em 2009/10 ganharam 2-1 na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Europa League, em casa, frente ao Liverpool FC, antes de perderem 4-1 na segunda partida.

• De facto, o Benfica foi afastado nos cinco quartos-de-final anteriores em que defrontou equipas inglesas: quatro vezes na Taça dos Clubes Campeões Europeus e uma na UEFA Europa League.

• O Benfica evitou o Tottenham Hotspur FC no sorteio e deixou em aberto a possibilidade de se reencontrarem nas meias-finais. As "águias" eliminaram os "spurs" nessa fase a caminho de conquistar a edição 1961/62 da Taça dos Campeões, em Amesterdão, local onde se realiza a final desta época da UEFA Europa League.

Retrospectiva
• Na fase a eliminar da UEFA Europa League, apenas duas equipas deram a volta a uma desvantagem de dois golos trazida da primeira mão – o Fulham FC, frente à Juventus, nos oitavos-de-final da edição 2009/10 (1-3, 4-1) e o FC Steaua Bucureşti, frente ao AFC Ajax, nos 16 avos-de-final da presente edição (0-2, 2-0; 4-2 nos penalties).

• O Newcastle não perde em casa há 13 jogos nas competições europeias (9V 4E) desde uma derrota por 2-1 com o RC Deportivo La Coruña, nas meias-finais da edição de 2005 da Taça Intertoto. No entanto, apenas um desses triunfos foi por mais de um golo.

• Os "magpies" marcaram apenas dez tentos em 11 jogos desde o início da fase de grupos.

• O Benfica venceu os cinco jogos desde que entrou na presente edição da UEFA Europa League, nos 16 avos-de-final.

• O Benfica é a única equipa presente nos quartos-de-final que chegou a esta fase desde a última edição da Taça UEFA, em 2008/09. Na verdade, atingiu os quartos-de-final em todas as três participações na UEFA Europa League.

• Três equipas inglesas – Chelsea FC, Newcastle e Tottenham – estão presentes nos quartos-de-final. Em cada uma das duas temporadas anteriores nas quais um país apurou três clubes nos quartos-de-final, um deles sagrou-se campeão – FC Porto (Portugal), em 2010/11, e Club Atlético de Madrid (Espanha), na temporada seguinte – batendo adversários do mesmo país na final.

• Benfica e Chelsea são as duas únicas equipas em prova provenientes da fase de grupos da UEFA Champions League. Esperam ambas imitar o feito do Club Atlético de Madrid, vencedor da edição inaugural do torneio, em 2009/10, após transitar para a fase a eliminar.

Factos das equipas
• O defesa do Newcastle, Mapou Yanga-Mbiwa, faz 24 anos a 15 de Maio, dia da final da UEFA Europa League, em Amesterdão.

• O ponta-de-lança do Newcastle, Shola Ameobi, cumpriu o seu 50º jogo nas competições de clubes da UEFA na primeira mão.

• O golo de Cardozo na primeira mão elevou para 17 o seu total na UEFA Europa League, igualando o recorde de Radamel Falcao ao serviço de um só clube, o FC Porto. Cardozo é igualmente o segundo melhor marcador da competição (da fase de grupos até à final), atrás de Falcao (30).

• David Degen, do FC Basel 1893, realizou 45 jogos na Taça UEFA/UEFA Europa League, mais do que qualquer outro jogador ainda em prova, apesar de Luisão, capitão do Benfica, estar a apenas um de distância.

• Nenhum jogador do Newcastle participou nos 11 jogos desde o início da fase de grupos: Anita, Sylvain Marveaux e Ameobi contabilizam nove.

• Alan Pardew, do Newcastle, foi eleito Treinador do Ano da Premier League em 2011/12 e orientou Reading FC, West Ham United FC, Charlton Athletic FC e Southampton FC, antes de se mudar para Tyneside, em 2010. Vidraceiro e taxista enquanto praticava futebol amador, o médio tinha 20 e poucos anos quando se tornou profissional e, entre outros clubes, passou pelo Crystal Palace FC e Charlton FC.