O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Fenerbahçe não desiste e acaba por vencer

Fenerbahçe SK 1-0 SL Benfica
A equipa da casa enviou a bola aos ferros várias vezes, antes de Egemen Korkmaz marcar, de cabeça, na segunda parte.

O golo de Egemen Korkmaz foi bastante festejado pelo Fenerbahçe
O golo de Egemen Korkmaz foi bastante festejado pelo Fenerbahçe ©AFP/Getty Images

O Fenerbahçe SK estreou-se nas meias-finais das competições europeias com um triunfo sobre o SL Benfica, por 1-0, em jogo da primeira mão da UEFA Europa League, realizado no estádio Şükrü Saracoğlu, em Istambul.

O Benfica começou bem o encontro, com 15 minutos iniciais de boa qualidade, impedindo um maior atrevimento do Fenerbahçe. Os comandados de Jorge Jesus levaram inclusivamente o perigo à baliza do Fenerbahçe em duas ocasiões. Aos quatro minutos, Óscar Cardozo deixou Eduardo Salvio isolado, mas o guarda-redes Volkan Demirel foi rápido a esconjurar o perigo. Oito minutos volvidos, Cardozo amorteceu a bola para Aimar que, já na área, rematou por cima.

Só então o Fenerbahçe entrou no jogo e, depois de um primeiro aviso de Moussa Sow, o dianteiro senegalês cabeceou à trave, na resposta a um cruzamento largo de Dirk Kuyt. No lance seguinte, Cristian Baroni cruzou para um cabeceamento de Egemen Korkmaz à figura de Artur.

A primeira parte terminaria com a mais soberana ocasião de golo, quando, no derradeiro minuto, o Fenerbahçe beneficiou de uma grande penalidade por derrube de Ola John a Gökhan Gönül. Chamado à conversão, Cristian rematou forte, mas acertou na parte exterior do poste, para alívio de Artur, que até se estirara para o lado correcto.

A segunda parte teve um início bastante enérgico dos turcos e, nos primeiros dois minutos, Cristian e, no canto seguinte, Raul Meireles obrigaram Artur a defesas apertadas. A defesa do Benfica passava por mais momentos de apuro e, aos 51 minutos, Reto Ziegler serviu Kuyt na área, este rodopiou entre os centrais, rematando ao poste esquerdo da baliza de Artur. Mas, três minutos depois, foi a vez de o Benfica acertar no ferro, com o substituto Nico Gaitán, que rendera Aimar ao intervalo, a rematar em arco, contra a parte exterior do poste.

Aos 71 minutos, e depois de um período de menor interesse, mas durante o qual ocorreu a lesão de Raul Meireles, que teve de ser substituído, o Fenerbahçe chegou ao golo. Na sequência de um canto de Cristian, Lorenzo Melgarejo aliviou a bola de cabeça para a zona frontal da sua baliza, onde Korkmaz se antecipou a Artur e colocou a bola na baliza do Benfica, de nada valendo o alívio de Jardel ligeiramente para lá da linha de golo.

Até final, o Benfica pressionou junto da área do Fenerbahçe à procura do empate, mas a defesa liderada por Joseph Yobo revelou-se impenetrável, conservando uma preciosa vantagem para a partida da segunda mão, dentro de uma semana, em Lisboa.