Tottenham entre o Basileia e as meias-finais

A excelente forma caseira do Basileia na prova e os maus resultados fora do Tottenham sugerem que o campeão suíço pode estar perto da primeira presença numa meia-final europeia.

Lewis Holtby, dos "spurs", tenta travar o irrequieto Mohamed Salah, do Basileia
Lewis Holtby, dos "spurs", tenta travar o irrequieto Mohamed Salah, do Basileia ©Getty Images

O FC Basel 1893 está no bom caminho para chegar às meias-finais, depois do empate 2-2 alcançado na primeira mão dos quartos-de-final, no terreno do Tottenham Hotspur FC, mas a eliminatória está longe de estar decidida.

• Os campeões suíços podiam muito bem ter levado a melhor naquele que foi primeiro encontro entre as duas equipas nas provas europeias, com Valentin Stocker e Fabian Frei a conferirem à turma helvética uma vantagem de 2-0 em White Hart Lane, antes de golos de Emmanuel Adebayor e Gylfi Sigurdsson terem permitido aos pupilos de André Villas-Boas levarem ainda algo de positivo do jogo.

Encontros anteriores
• O registo do Basileia em 17 jogos frente a clubes ingleses é de 3V 6E 8D (3V 2E 3D em Inglaterra). A formação suíça perdeu sempre os jogos da segunda mão das três anteriores eliminatórias que disputou com equipas de Inglaterra, mas em todas elas disputou fora essa partida da segunda mão.

• O registo do Tottenham frente a equipas suíças em seis jogos é de 3V 1E 2D (2V 1E 1D em casa, 1V 0E 1D em solo suíço). Esses seis jogos produziram 26 golos, com o Tottenham a apontar sempre quatro ou mais nas três vitórias que obteve.

• O Basileia deixou pelo caminho o Manchester United FC na fase de grupos da edição 2011/12 da UEFA Champions League, ao empatar 3-3 em Manchester antes de ganhar por 2-1 em casa na sexta jornada e apurar-se para os oitavos-de-final.

• A última vez que o Basileia alcançou os quartos-de-final desta competição, em 2005/06, acabou eliminado por outro clube inglês, o Middlesbrough FC, apesar de ter ganho a primeira mão, em casa, por 2-0. Também marcou primeiro na segunda mão, mas sofreu quatro golos nos últimos 57 minutos e foi eliminado com um resultado total de 4-3.

• O treinador do Basileia na altura era Christian Gross, antigo técnico do Tottenham, que orientou o emblema de White Hart Lane entre Novembro de 1997 e Setembro de 1998 antes de ingressar no Basileia, clube pelo qual conquistou quatro campeonatos e quatro Taças da Suíça (1999-2009).

Retrospectiva
• O Basileia tem estado em grande forma a jogar em casa. Depois de empatar 2-2 com o KRC Genk no seu primeiro jogo em casa na fase de grupos, a turma helvética venceu os seguintes quatro jogos que disputou desde então para a UEFA Europa League no St. Jakob-Park, sem sofrer qualquer golo nesses quatro encontros.

• Os "spurs", pelo contrário, não venceram nenhum dos cinco jogos que já disputaram fora na UEFA Europa League esta temporada, nos quais somou quatro empates seguidos, antes de perder por 4-1 no terreno do FC Internazionale Milano, na segunda mão dos oitavos-de-final.

• Três equipas inglesas – Chelsea FC, Newcastle e Tottenham – atingiram os quartos-de-final. Em cada uma das duas temporadas anteriores nas quais um país colocou três clubes nos quartos-de-final, um deles sagrou-se campeão – FC Porto (Portugal) em 2010/11, e Club Atlético de Madrid (Espanha) na temporada seguinte – batendo adversários compatriotas na final.

• O Basileia é o único campeão nacional ainda em prova. Disputou mais jogos europeus na época corrente do que qualquer outra equipa ainda em competição (16), após ter iniciado a campanha na segunda pré-eliminatória da UEFA Champions League.

• O Tottenham é a única equipa ainda em prova que já ganhou o troféu, tendo erguido a Taça UEFA em 1971/72 e 1983/84.

• O Tottenham pode tornar-se na quarta equipa a ganhar esta competição pela terceira vez, juntando-se a Juventus, Inter e Liverpool FC.

• O Basileia ainda não chegou às meias-finais de qualquer prova europeia de clubes.

Factos das equipas
• Valentin Stocker, extremo do Basileia, vai celebrar o seu 24º aniversário no dia a seguir ao jogo.

• O defesa Jan Vertonghen disputou os 1020 minutos desta campanha do Tottenham na UEFA Europa League. O médio Aaron Lennon também contabiliza 11 jogos desde o início da fase de grupos, mas em apenas nove deles foi titular.

• O guarda-redes Yann Sommer é o único jogador do Basileia a ter disputado os 990 minutos da campanha da equipa desde o início da fase de grupos.

• David Degen, do Basileia, realizou 45 jogos na Taça UEFA/UEFA Europa League, mais do que qualquer outro jogador ainda em prova, embora Luisão, do Benfica, esteja a apenas um de distância.

• Com 41 anos, o guarda-redes do Tottenham, Brad Friedel, é o jogador mais velho ainda em prova. Tem mais seis do que o seu treinador, André Villas-Boas, e mais três do que o técnico do Basileia, Murat Yakin.

• O avançado do Basileia, Alexander Frei – que vai terminar a carreira este Verão – apontou mais golos nas competições europeias de clubes do que qualquer outro jogador ainda em prova: 32 em 59 jogos.

• O Basileia marcou dez dos seus 14 golos na competição desde o início da fase de grupos a partir dos 60 minutos, incluindo seis entre o 76º e o apito final.

• Cinco dos 17 golos do Tottenham no tempo regulamentar surgiram entre o 76º minuto e fim do jogo.

• O defesa-central sérvio do Tottenham, Miloš Veljković, de 17 anos, nasceu e foi criado em Basileia, tendo iniciado a carreira no campeão suíço antes de se transferir para White Hart Lane, em 2011.

• Jermain Defoe participou na vitória da Inglaterra sobre a Suíça, por 3-1, no St. Jakob-Park, casa do Basileia, em jogo de qualificação para o UEFA EURO 2012, a 7 de Setembro de 2010.

• Murat Yakin substitui Heiko Vogel como treinador do Basileia em Outubro. Irmão mais velho do antigo internacional suíço Hakan Yakin, representou a selecção 49 vezes como defesa e passou por Grasshopper Club, VfB Stuttgart, Fenerbahçe SK e 1. FC Kaiserslautern. Contudo, teve as melhores épocas como capitão do Basileia, pelo qual ganhou três campeonatos e duas Taças da Suíça. Também treinou FC Concordia Basel, FC Thun e FC Luzern.

• André Villas-Boas teve a primeira experiência como técnico quando era adolescente, concedida pelo treinador do Porto na altura, Bobby Robson, tendo mais tarde sido adjunto de José Mourinho nos "dragões", no Chelsea e no Inter. Começou como treinador principal na A. Académica de Coimbra antes de rumar aos "azuis-e-brancos", pelos quais ganhou a "dobradinha" nacional e a UEFA Europa League em 2010/11. A transferência para o Chelsea, nesse Verão, revelou-se curta e mudou-se para o Tottenham em Julho de 2012.

• Villas-Boas (FC Porto, em 2010/11) e Rafael Benítez, do Chelsea, (Valencia CF, em 2003/04), são os únicos treinadores ainda em prova que já conquistaram o troféu.

Desempates por penalties
• O Basileia nunca disputou qualquer desempate por pontapés da marca de grande penalidade nas competições europeias de clubes.

• O registo do Tottenham em desempates por pontapés da marca de grande penalidade nas competições europeias de clubes é o seguinte:
derrota 5-6 (fora) frente ao PSV Eindhoven, oitavos-de-final da Taça UEFA de 2007/08
vitória 4-3 (casa) frente ao RSC Anderlecht, segunda mão da final da UEFA de 1983/84