Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Pressão do Fenerbahçe castiga Lázio

Fenerbahçe SK 2-0 S.S. Lazio
O Fenerbahçe aproveitou a expulsão de Ogenyi Onazi e marcou de grande penalidade por Pierre Webó e Dirk Kuyt, este nos descontos.

Pierre Webó é felicitado após colocar o Fenerbahçe em vantagem
Pierre Webó é felicitado após colocar o Fenerbahçe em vantagem ©Getty Images

Dois golos nos últimos 12 minutos deixaram o Fenerbahçe SK à beira da sua primeira participação nas meias-finais de uma competição europeia, com a formação turca finalmente a quebrar a determinação da S.S. Lazio.

Uma primeira parte equilibrada sofreu uma alteração decisiva aos dois minutos da etapa complementar, quando o segundo cartão amarelo a Ogenyi Onazi mudou o curso deste embate da UEFA Europa League. Os anfitriões pressionaram em busca da vantagem, acertando no poste pela segunda vez, antes do penalty de Pierre Webó, aos 78 minutos, inaugurar o marcador. O golo de Dirk Kuyt, em tempo, de compensação pode revelar-se decisivo.

O Estádio Şükrü Saracoğlu estava lotado, mas a Lázio não se mostrou receosa e teve o sinal mais no período inicial. No entanto, foi Moussa Sow quem esteve mais perto de marcar, ainda na primeira parte, com Federico Marchetti a evitar o golo com a ponta dos dedos, após um mau alívio de Ştefan Radu ter colocado a bola à disposição do avançado. A bola ainda acertou no ferro da baliza.

Um jogo renhido ficou aberto quando Onazi recebeu ordem de expulsão, com Raul Meireles a ditar o ritmo logo de seguida, com um remate ao poste. A Lázio aguentou firme, com Cristian Ledesma a entrar para acrescentar resistência defensiva no meio-campo. O treinador do Fenerbahçe, Aykut Kocaman, respondeu com as entradas de Caner Erkin e Salih Uçan, e gradualmente o Fenerbahçe assumiu o controlo dos acontecimentos.

O ascendente materializou-se a 12 minutos do fim, quando Webó enganou Marchetti, castigando falta de Radu, por mão na bola. Os adeptos ergueram-se em uníssono, mas queriam mais, e Kuyt proporcionou-lhes mais um motivo para festejarem, aproveitando a recarga a um livre de Caner Erkin que Marchetti não conseguiu suster.

Esse tento selou a primeira derrota da Lázio em 11 jogos nesta competição e precisará de redescobrir a sua melhor forma em Roma, na próxima quinta-feira.

Topo