Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Latovlevici brilha na reviravolta do Steaua

Steaua 2-0 Ajax (total: 2-2, Steaua vence 4-2 nos penalties)
Iasmin Latovlevici inaugurou o marcador e converteu a grande penalidade vitoriosa, selando uma vitória memorável para o Steaua.

Vlad Chiricheş festeja o seu golo fantástico na segunda parte
Vlad Chiricheş festeja o seu golo fantástico na segunda parte ©AFP/Getty Images

O FC Steaua Bucureşti anulou uma desvantagem de dois golos trazida da primeira mão, antes de ganhar por 2-0 e eliminar o AFC Ajax no primeiro desempate por penalties na fase a eliminar da UEFA Europa League.

No entanto, muito antes da emoção do desempate, o jogo despertou quando Iasmin Latovlevici inaugurou o marcador, aos 38 minutos, antes do golo fantástico de Vlad Chiricheş, na segunda parte, prolongar o encontro por mais 30 minutos. Ainda assim, a eliminatória permaneceu empatada 2-2 e, após Lasse Schøne e Niklas Moisander falharem para o Ajax, Latovlevici manteve a calma pela segunda vez e garantiu a presença nos oitavos-de-final, fase na qual os romenos vão defrontar o Chelsea FC.

A equipa de Frank de Boer assumiu o controlo dos acontecimentos nos instantes iniciais, ditando o ritmo do jogo com consistência acima da média. O irrequieto médio Viktor Fischer liderou a equipa e a sua tendência em flectir para o meio quase foi recompensada quando um remate de pé esquerdo passou a centímetros do poste. No entanto, o seu controlo evaporou-se num instante.

Aproveitando o espaço existente nas costas de Ricardo van Rhijn, o ofensivo lateral Latovlevici deixou a bola passar por cima do adversário e picou-a à saída do guarda-redes Kenneth Vermeer. Sem se deixar abalar, o emblema de Amesterdão cingiu-se a um jogo de passes curtos e incisivos, enquanto o conjunto romeno contra-atacava com rapidez.

No recomeço da partida, o Steaua esteve perto de justificar a abordagem, pois o forte cabeceamento de Adrian Popa acertou na barra, ao passo que Fischer rematou com muito perigo para os visitantes. O ambiente no interior do Estádio Nacional de Bucareste estava efervescente e explodiu quando Chiricheş desferiu um remate indefensável, obrigando a prolongamento.

A partir daí, o Ajax pareceu a equipa mais provável de seguir em frente na prova, com o estratega Christian Eriksen a cruzar para Moisander, cujo cabeceamento passou centímetros ao lado. No entanto, o defesa finlandês deixaria a sua perdida mais cara para o desempate por penalties, impedindo a equipa de marcar presença na final da Amsterdam ArenA, a 15 de Maio.

Topo