Fenerbahçe sofre, mas segue em frente

Fenerbahçe SK 1-0 FC BATE Borisov (total: 1-0)
Uma grande penalidade de Cristian fez a diferença num jogo disputado à porta fechada e no qual o BATE jogou mais de 70 minutos com dez.

O Fenerbahçe faz a festa
O Fenerbahçe faz a festa ©AFP/Getty Images

O Fenerbahçe SK garantiu a presença nos oitavos-de-final da UEFA Europa League, graças a uma grande penalidade de Cristian que valeu o triunfo, por 1-0, sobre o FC BATE Borisov, que jogou 70 minutos com menos uma unidade.

A primeira parte foi idêntica ao jogo da primeira mão, a semana passada na Bielorrússia, em que os visitantes também tiveram um jogador expulso. Desta vez, foi Dmitri Baga que viu o cartão vermelho, logo aos 20 minutos, mas a equipa da casa só capitalizou mesmo em cima do intervalo. Moussa Sow foi derrubado dentro da área e Cristian converteu a grande penalidade a favor do Fenerbahce que, sem Raul Meireles, castigado, ainda apanhou alguns sustos, mas seguiu em frente.

Os primeiros momentos de jogo foram muito frios, mas após um remate de Cristian ao lado, o jogo aqueceu, com Baga a ver dois amarelos no espaço de quatro minutos, o segundo dos quais a punir entrada sobre Salih Uçan. A formação turca dominava, mas sentia dificuldades em ultrapassar a bem organizada defesa do BATE.

Mas, de vez em quando, as combinações de ataque funcionavam: Pierre Webó e Sow estiveram perto de marcar, após golpes de cabeça, com o último a voltar a estar em destaque quando foi derrubado em falta por Andrei Gorbunov. Da marca de 11 metros, Cristian não perdoou e fez o 1-0. O encontro foi disputado à porta fechada, mas centenas de adeptos viram o jogo num ecrã gigante montado ao lado do estádio e faziam-se ouvir. E, nas bancadas, lia-se num cartaz: "Como se estivéssemos aqui". E parecia mesmo que estavam.

Apesar da vantagem no resultado e no número de jogadores, o Fenerbahce sofreu um grande susto quando Volkan Demirel teve de se aplicar a fundo para impedir que Filipp Rudik empatasse o jogo. Cristian podia ter poupado algum sofrimento aos turcos, mas acertou na trave, e só mesmo após o apito final do árbitro é que os donos da casa puderam suspirar de alívio. Agora, o Fenerbahce vai defrontar o FC Viktoria Plzeň: os turcos visitam a Republica Checa no dia 7 de Março, sem o castigado Egemen Korkmaz.