Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Neftçi não resiste ao Inter

Neftçi PFK 1-3 FC Internazionale Milano
Fredy Guarín fez as assistências para todos os golos do Inter e ajudou a estragar a estreia em casa do Neftçi numa fase de grupos da UEFA.

Coutinho inaugurou o marcador para o Inter em Baku
Coutinho inaugurou o marcador para o Inter em Baku ©AFP/Getty Images

Apesar de ter melhorado muito na segunda parte, o Neftçi PFK sofreu uma desilusão na estreia em casa numa fase de grupos e sucumbiu à qualidade do FC Internazionale Milano.

No primeiro jogo entre equipas azeris e italianas numa competição da UEFA, os "nerazzurri" não tiveram dificuldades em chegar ao intervalo com três golos de vantagem. Fredy Guarín cruzou para Coutinho e Joel Obi, antes de lançar Marko Livaja para o segundo golo do avançado na competição. Nicolás Canales reduziu aos 53 minutos, à medida que o Neftçi aumentou o seu ritmo, mas o Inter aguentou-se sem problemas e soma agora quatro pontos no Grupo H.

Os anfitriões começaram de forma nervosa, e quando Jonathan lançou Guarín, aos dez minutos, o colombiano fez um passe de morte para Coutinho, que inaugurou o marcador. O Neftçi respondeu, mas quando parecia que estavam a equilibrar os acontecimentos, o Inter voltou a marcar.

Guarín acorreu ao passe de Coutinho, avançando pela direita, antes de assistir Joel Obi. O nigeriano nunca tinha marcado pelo Inter, mas isso não se notou, já que bateu Saša Stamenković com muita confiança, aumentando a vantagem da sua equipa aos 30 minutos.

O Inter dominava a partida quando, aos 42 minutos, Livaja fez o 3-0. Guarín voltou a estar envolvido, com um passe que Bruno Bertucci cortou mal, na direcção de Livaja, e o croata só teve que cabecear para as redes vazias.

O Neftçi parecia destroçado mas respondeu de forma admirável. Impulsionado pelo capitão Rashad A. Sadygov, marcou o tento de honra quando Julius Wobay se aventurou pela direita e o seu cruzamento-remate foi concluído ao segundo poste por Canales – foi o primeiro golo do campeão azeri numa fase de grupos. Continuaram a pressionar, mas o Inter e o seu guarda-redes, Samir Handanovič, foram impecáveis na defesa.

Topo