Liverpool aposta em Rodgers

O Liverpool escolheu como seu novo treinador Brendan Rodgers, oriundo do Swansea, rival na Premier League e outrora técnico das reservas do Chelsea de José Mourinho.

Brendan Rodgers foi apresentado em Anfield como novo treinador do Liverpool
Brendan Rodgers foi apresentado em Anfield como novo treinador do Liverpool ©Getty Images

O Liverpool FC escolheu Brendan Rodgers para seu novo treinador, com o técnico de 39 anos a deixar o Swansea City AFC, rival na Premier League.

Rodgers assinou contrato com a formação de Anfield para substituir Kenny Dalglish, que saiu depois de uma época em que, apesar de ter ganho a Taça da Liga e de ter atingido a final da Taça de Inglaterra, o Liverpool terminou o campeonato no oitavo lugar. Na próxima temporada, Rodgers vai orientar o seu novo emblema a partir da terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League, fazendo-se acompanhar de vários elementos da sua equipa técnica no Swansea, incluindo o treinador-adjunto Colin Pascoe.

"Fui abençoado por ter esta oportunidade", disse Rodgers. "Estou muito entusiasmado e mal posso esperar para começar este projecto incrível. Prometo dedicar a minha vida a lutar por este clube e defender os grandes princípios do Liverpool Football Club dentro e fora do relvado."

O norte-irlandês Rodgers começou a carreira de treinador no Reading FC, depois de ter encerrado a de jogador prematuramente, devido a lesão, mas foi levado por José Mourinho para os escalões jovens do Chelsea FC, em 2004, sendo mais tarde promovido a treinador das reservas. Em 2008, assumiu o comando técnico do Watford FC e, no ano seguinte, teve uma breve passagem pelo Reading.

Rumou ao Swansea em 2010 e, na sua primeira época, Rodgers guiou o clube até à Premier League, através do "play-off". A sua equipa terminou a época 2011/12 em 11º lugar, praticando um futebol atractivo, com bastante posse e troca de bola, e terminou a temporada com uma vitória sobre o Liverpool, por 1-0. Mourinho disse ao jornal Sun: "Quando ele chegou ao Chelsea era um jovem treinador, com muita vontade de aprender. Mas também era um treinador com ideias, que estava pronto não apenas para ouvir, mas também para comunicar e partilhar."