O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
A partir de 25 de Janeiro, o UEFA.com já não vai suportar o Internet Explorer.
Para obter a melhor experiência possível, recomendamos que use Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Diego feliz com caminhada do Atlético

Diego considera que o Atlético de Madrid jogou de forma "inteligente" para atingir as meias-finais da UEFA Europa League, enquanto Jan Schlaudraff não se deixou abater pela derrota do Hannover.

Os jogadores do Atlético comemoram no final do encontro
Os jogadores do Atlético comemoram no final do encontro ©Getty Images

O médio Diego afirmou que os jogadores do Club Atlético de Madrid estão "muito felizes" por atingirem as meias-finais da UEFA Europa League, isto depois de a equipa espanhola ter terminado com a invencibilidade do Hannover 96 em casa ao vencer por 2-1 na Alemanha. O médio Jan Schlaudraff não escondeu a desilusão que reinava na equipa onde alinha o português Sérgio Pinto, isto apesar de o clube alemão ter tido a melhor participação europeia da sua história.

Diego, médio do Atlético
Estamos muito felizes. Tenho uma nova oportunidade de estar nas meias-finais, o que é muito importante para qualquer jogador. Este foi mais um passo importante e estou satisfeito por ter podido ajudar a minha equipa. Foi muito complicado. Penso que o Hannover não perdia em casa há 11 meses e mostraram que têm uma equipa muito forte. Foi preciso fazer uma excelente exibição para ganhar aqui. Jogámos com inteligência e conseguimos o resultado que pretendíamos.

Espero que seja possível vencer a UEFA Europa League este ano, mas ainda é muito cedo para falar nisso. Esse é o nosso objectivo, mas primeiro temos de ultrapassar as meias-finais. O embate com o Valência vai ser muito difícil, mas será uma eliminatória especial com duas equipas espanholas.

Jan Schlaudraff, avançado do Hannover
Sentimos algumas dificuldades em subir ao ataque na primeira parte, mas estivemos excelentes na defesa e não deixámos passar nada. Claro que queríamos marcar um golo, mas ficou ainda mais difícil depois de os espanhóis se adiantarem no marcador. Passámos por uma fase muito boa depois de conseguirmos empatar, mas eles aproveitaram uma perda de bola desnecessária que se revelou decisiva. Neste momento, a desilusão que sentimos é superior ao orgulho por termos chegado longe mas, apesar de tudo, temos de considerar esta época positiva. Queremos continuar a lutar para estarmos de regresso na próxima época.