McClaren sente-se em casa no Twente

Satisfeito por ter abraçado a "cultura e filosofia" do Twente, o primeiro jogo europeu de Steve McClaren no clube traz-lhe à memória os seus feitos no Middlesbrough.

McClaren sente-se em casa no Twente
McClaren sente-se em casa no Twente ©UEFA.com

De volta ao FC Twente depois de ano e meio longe do clube, Steve McClaren fala-nos das suas memórias antes do primeiro jogo europeu na sua segunda passagem pelo emblema de Enschede.

Apesar de ter vencido pelo Twente o campeonato em 2010, facto destacado na carreira de McClaren, a caminhada do Middlesbrough FC até à final da Taça UEFA em 2006 foi também algo de fantástico. Foi uma participação dura, com duas reviravoltas épicas, ante o FC Basel 1893 e o FC Steaua Bucureşti - a equipa com quem o Twente vai medir forças na quinta-feira, por ocasião da segunda mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, levando uma vantagem de 1-0 na bagagem.

"Foi uma daquelas situações que nunca se esquecem", disse McClaren sobre o triunfo do Middlesbrough por um total de 4-3 ante o Steaua, há seis temporadas. "Nos quartos-de-final contra o Basileia, acho que tínhamos três golos de desvantagem e acabámos por dar a volta e passar no último minuto. A seguir, duas semanas depois, aconteceu o mesmo, numa noite inesquecível. Não penso que isto volte a acontecer muitas mais vezes na minha carreira. Noites como aquelas ante Basileia e Steaua – foram marcantes."

Seleccionador inglês antes da sua primeira passagem pelo Twente, McClaren treinou a seguir o VfL Wolfsburg e Nottingham Forest FC, antes de regressar, no mês passado, a Enschede. "Tive dois bons anos aqui e disse que voltaria", afirmou. "Acho que talvez tenha acontecido um pouco mais cedo do que pensei, mas sim, é bom estar de volta. Pouco mudou, a equipa alterou-se um pouco, mas tudo continua como deve ser aqui. A cultura, filosofia, maneira de trabalharmos: é o mesmo de há dois anos."

Topo