Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Klopp coloca Dortmund no topo

Apaixonado, mas calculista, Jürgen Klopp levou o Borussia Dortmund à liderança da Bundesliga, mas passa por algumas dificuldades no Grupo J da UEFA Europa League, onde defronta esta noite o Karpaty Lviv.

Juergen Klopp não esconde o sorriso pelas exibições do Borússia de Dortmund
Juergen Klopp não esconde o sorriso pelas exibições do Borússia de Dortmund ©Getty Images

Jürgen Klopp nunca foi de esconder as emoções e actualmente, com 43 anos, o treinador do Borussia Dortmund tem normalmente um sorriso na face.

Não é de admirar, já que a jovem equipa do Dortmund está no comando da Bundesliga, com sete pontos de vantagem sobre o antigo clube de Klopp, o 1. FSV Mainz 05, e mais 14 que o campeão FC Bayern München. A situação na UEFA Europa League não é tão favorável, já que os alemães estão na terceira posição do Grupo J, antes da recepção ao FC Karpaty Lviv, mas há quem afirme que o Dortmund e Klopp foram feitos um para o outro.

O antigo avançado do Mainz, que terminou a carreira a defesa, é muito exigente com as suas equipas e isso foi bem evidente no triunfo, por 4-0, em casa do Hannover 96, a 7 de Novembro, onde se mostrou horrorizado por a sua equipa estar a jogar "cautelosamente, como um visitante". Imperturbável pelo resultado, acrescentou: "Os problemas não param de surgir. A equipa não escuta o que eu digo. Não tenho a certeza de ser o homem certo para este cargo."

Klopp não é nenhum tolo. O treinador causou alguma estupefacção quando chegou ao clube e convenceu o Dortmund a contratar o desconhecido defesa-central Neven Subotić, ao Mainz, por uns impressionantes 4,5 milhões de euros. Mas, actualmente, o bósnio de 21 anos já é reconhecido com um dos melhores na sua posição. Esta época, a contratação invulgar de Klopp foi o médio-ofensivo japonês Shinji Kagawa, mas o jovem de 21 anos tem justificado a aposta, que conduziu alguns jogadores mais experientes para o banco, tendo apontado sete golos em 14 jogos na Bundesliga.

Klopp, natural de Estugarda, também está sempre atento às últimas inovações da ciência desportiva, recorrendo a resumos da primeira parte dos jogos para corrigir tacticamente os jogadores ao intervalo. Embora ainda não tenha conquistado qualquer troféu, o seu trabalho já mereceu elogios de Franz Beckenbauer. "Nesta altura, o Dortmund está a fazer um campeonato à parte", declarou Beckenbauer, acrescentando: "Klopp está a caminho do Monte Olimpo."

Topo