O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Utrecht segura empate em Anfield

Liverpool FC 0-0 FC Utrecht
Com o Grupo K já definido, os 'reds' não foram capazes de fechar esta fase com chave de ouro e vencer o visitante, que já estava fora da Europa League, mas ainda assim terminaram na liderança.

Milan Jovanović (esquerda) foi o autor do único remate perigoso durante uma primeira parte pouco interessante em Anfield
Milan Jovanović (esquerda) foi o autor do único remate perigoso durante uma primeira parte pouco interessante em Anfield ©Getty Images

Primeiro e último classificados do Grupo K no início do encontro, Liverpool FC e FC Utrecht terminaram nas mesmas posições terminado o desafio de Anfield que redundou num empate sem golos.

Os resultados de há duas semanas colocaram o Liverpool na rota dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League e deixaram o Utrecht fora das provas europeias. Na sexta e última jornada, os holandeses conseguiram dar uma boa réplica mas raramente pareceram ser capazes de conquistar os três pontos de que precisavam para, pelo menos, ultrapassar o FC Steaua Bucureşti e terminar em terceiro lugar.

Depois de terem empatado quatro dos anteriores cinco jogos desta fase de grupos, seria uma surpresa o Utrecht conseguir a vitória. O público da casa aguardava para ver que exibição apresentaria o Liverpool, porém só por uma vez em toda a primeira parte os ingleses levaram perigo à baliza contrária: Milan Jovanović atirou uma 'bomba' à trave da baliza de Michael Vorm, que havia desviado com a ponta dos dedos o tiro do sérvio.

Dries Mertens lá conseguiu pôr à prova o guarda-redes da casa, Brad Jones obrigando-o a uma intervenção de rotina pouco depois do intervalo e não demorou muito até que os comandados de Roy Hodgson voltassem a criar perigo, desta feita na sequência de um passe de Ryan Babel a solicitar o tiro de Martin Kelly secundado pela recarga de Daniel Pacheco, porém sem a melhor pontaria.

Anfield silenciou-se os destinos ficaram traçados. Dirk Kuyt saltou tarde do banco para defrontar a sua antiga equipa e conseguiu dar alguma, rara, emoção ao jogo que serviu, pura e simplesmente, para manter as coisas como estavam: quarto empate do Liverpool e terceiro jogo sem vencer da equipa de Ton du Chatinier.