Atlético em alerta geral

O Atlético, detentor do título, ainda não venceu na fase de grupos desta edição, na qual Sporting e Zenit merecem o destaque à partida para a terceira jornada. O FC Porto defronta o Beşiktaş em Istambul.

O Atlético, de Diego Forlán, está sob pressão
O Atlético, de Diego Forlán, está sob pressão ©Getty Images

O Club Atlético de Madrid, vencedor da edição da época passada da UEFA Europa League, vai tentar somar a primeira vitória na fase de grupos à terceira jornada, numa altura em que, nos outros grupos, Sporting e FC Zenit St. Petersburg, de Fernando Meira, Bruno Alves e Danny, mostram dinâmica diferente.

A equipa de Quique Sánchez Flores, onde actuam os portugueses Tiago e Simão Sabrosa, bateu o Fulham FC na final de Maio passado e depois venceu o FC Internazionale Milano na SuperTaça Europeia, mas tem apenas um ponto amealhado em duas jornadas do Grupo B. Recebe agora o Rosenborg BK, vencedor  apenas uma vez em oito deslocações a Espanha, facto animador para os anfitriões.

Se os "colchoneros" não tiveram um bom começo de prova, Sporting e Zenit estão no extremo oposto e apontaram sete golos cada na fase de grupos, o que faz de ambas as equipas mais concretizadoras da competição. A formação lusitana recebe o KAA Gent na terceira jornada do Grupo C e está a dois golos dos 200 na Taça UEFA e UEFA Europa League. E dado o momento de forma actual, não deve demorar muito até atingir essa marca. Líder do campeonato da Rússia, o o Zenit vai tentar manter a veia goleadora quando receber o HNK Hajduk Split, em jogo do Grupo G.

O PFC CSKA Moskva segue logo atrás desta dupla, com seis golos marcados nas duas primeiras rondas. No entanto, mantém o objectivo de igualar o registo da fase de grupos da Taça UEFA em 2008/09, na qual ganhou todos os jogos com uma média de três golos. O CSKA desloca-se até ao terreno do US Città di Palermo, no Grupo F e o conjunto italiano deve estar ciente da forte ponta final da equipa de Leonid Slutski: cinco dos seus seis golos foram marcados nos últimos 30 minutos.

O VfB Stuttgart lidera o Grupo H e parte para o encontro fora com o Getafe CF depois de vitórias consecutivas. Contudo, rescindiu contrato com o treinador Christian Gross após ter descido para o último lugar da Bundesliga. O FC Dynamo Kyiv também atravessa momentos complicados devido à saída do treinador Valeri Gazzaev antes do jogo do Grupo E frente ao AZ Alkmaar.

FC Porto e o Beşiktaş JK partilham o comando destacado do Grupo L com dois triunfos antes do duplo duelo entre ambos. O primeiro é em Istambul e não vai contar com a presença do extremo português Ricardo Quaresma, antigo jogador dos "dragões", devido a lesão.

No Grupo I, o influente ponta-de-lança húngaro Balázs Dzsudzsák, do PSV Eindhoven, defronta a sua antiga equipa, o Debreceni VSC, na Hungria, enquanto o Liverpool FC (de Raúl Meireles), líder do Grupo K – abalado por assuntos extra-futebol nas últimas semanas –, visita o terreno do SSC Napoli, onde alinha Andrea Dossena, antigo atleta dos "reds". Finalmente, Andrés Palop, guarda-redes do Sevilla FC, tem motivos extra para esperar que a sua equipa rubrique uma boa actuação no jogo do Grupo J frente ao FC Karpaty Lviv: festeja o seu 37º aniversário no dia seguinte.