O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Juve na "pole position"

Juventus 3-1 Fulham FC
Num jogo em que todos os golos foram marcados na primeira parte, a equipa de Turim mostrou ser demasiado forte.

Nicola Legrottaglie comemora o golo com Diego, depois de ter colocado a Juventus em vantagem, de cabeça
Nicola Legrottaglie comemora o golo com Diego, depois de ter colocado a Juventus em vantagem, de cabeça ©Getty Images

A Juventus alimenta elevadas esperanças de atingir os quartos-de-final da UEFA Europa League, depois de Nicola Legrottaglie, Jonathan Zebina e David Trezeguet terem apontado na primeira parte os golos que garantiram a vitória dos "bianconeri", por 3-1, sobre o Fulham FC.

Todos os golos foram apontados antes do intervalo, com os anfitriões a conseguirem uma vantagem madrugadora, por 2-0, perto dos 25 minutos, graças ao cabeceamento de Legrottaglie e a um belíssimo remate de Zebina. Apesar de os "cottagers" terem reduzido a desvantagem por Dickson Etuhu, que contou ainda com um desvio precioso, o 169º golo de Trezeguet ao serviço do emblema de Turim voltou a dar à Juve uma vantagem confortável já muito perto do intervalo.

A Juventus adiantou-se aos nove minutos, depois de Mark Schwarzer ter mostrado bons reflexos ao desviar um cabeceamento de Trezeguet. Na sequência do respectivo canto, Legrottaglie elevou-se mais alto que a concorrência, cabeceando fora do alcance do guardião australiano. Os visitantes poderiam ter marcado aos 16 minutos, quando Damien Duff se escapuliu e cruzou atrasado para o desmarcado Simon Davies, que falhou por completo o remate. Ainda assim, o jogo estava do lado da "vecchia signora".

A equipa de Alberto Zaccheroni dobraria a vantagem quando Zebina recebeu um passe de Antonio Candreva, ultrapassou Jonathan Greening e Etuhu, atirando colocado junto ao poste da baliza à guarda de Schwarzer, assinando assim o segundo golo da sua carreira. Porém, a Juventus concedeu um tento contra a corrente quando Davies, de livre, assistiu Etuhu, que rematou e, com um desvio em Legrottaglie, viu a bola passar fora do alcance do pé esquerdo do guardião Alex Manninger, totalmente esticado, em esforço.

Por breves momentos o Fulham acordou para o jogo, obrigando Manninger a desviar uma bola cabeceada por Brede Hangeland, bem como remates de Bobby Zamora e Zoltán Gera. Todavia, pouco antes do intervalo a Juve voltou a comemorar, novamente após um canto, na sequência de um remate de Fabio Grosso. Trezeguet atirou ao poste e, rapidíssimo a reagir, atirou para o fundo da baliza na recarga.

Os londrinos ameaçaram pouco depois do regresso ao relvado, apesar de Zamora e Duff encontrarem espaço nas costas de Grosso, à direita, com os "bianconeri" a fazerem tudo por tudo para manterem a bola longe da sua área. Ainda assim, Schwarzer teve de desviar um remate de Diego já perto do final. Agora resta ao Fulham tentar fazer melhor que em Turim e marcar os dois golos necessários para anular a vantagem italiana em Craven Cottage, na próxima quinta-feira, de forma a poder continuar a aventura europeia.